“Não existe humor quando há dor”, diz Renata Abreu sobre piada no Oscar

 “Não existe humor quando há dor”, diz Renata Abreu sobre piada no Oscar

A entrega do Oscar na noite desse domingo, 27, foi marcada pelo tapa que o ator Will Smith deu no rosto do comediante Chris Rock, um dos apresentadores da cerimônia.

Tudo começou quando Rock fez uma piada sobre a mulher de Smith, Jada Pinkett, que sofre de alopecia, doença que provoca a queda de cabelo.

No palco, o comediante disse que esperava ver Jada no próximo filme G.I. Jane, cuja protagonista tem os cabelos raspados.

Depois da piada, Smith, que estava sentado na primeira fila diante do palco, saiu de seu lugar, foi em direção ao comediante, deu o tapa e voltou para sua cadeira. Já em seu lugar, o ator disse: “Tira o nome da minha esposa da porra da sua boca”.

Nas redes sociais a deputada federal e pré-candidata ao governo do estado, Renata Abreu, reprovou a piada do comediante. “Achei a piada de mau gosto. Não existe humor quando há dor”, declarou.

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB) também repudiou a piada. “Aconteceu na noite para o mundo uma cena em defesa a favor do respeito e da dignidade da mulher. Mais uma vez o humor ultrapassa limites. Depois de defender a esposa, merecidamente o cara ainda ganhou o Oscar de melhor ator. Will Smith! Parabéns!”, divulgou em sua conta no Twitter.

Graciela Zabotto