Nil pede para Paola Carosella “lavar boca com cândida”

 Nil pede para Paola Carosella “lavar boca com cândida”

Divulgação

A Câmara de Carapicuíba aprovou durante sessão ordinária de terça-feira (28) a Moção de Repúdio n° 270/2022, de autoria do vereador Nil do Ariston, à chef de cozinha Paola Carosella pelas “palavras ofensivas contra os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro”.

No final de maio, a chef argentina chamou de “escroto” e “burro” as pessoas que ainda apoiam o governo Bolsonaro em 2022. A declaração foi feita durante um episódio do podcast DiaCast, ao ser perguntada sobre como ela lida com bolsonaristas.

“Não lido mais. Na família do meu sócio, tinham alguns, mas já mudaram. (…) Fica muito difícil se relacionar com alguém que [ainda apoia o Governo Bolsonaro]. Por dois motivos: ou porque é um escroto ou porque é burro”, afirmou a chef.

Na tribuna, Nil pediu que os colegas parlamentares aprovassem a moção e que Paola lavasse a boca com água sanitária. “Quem é ela para chamar os eleitores do Bolsonaro de burro e escroto? Alguém tem que pedir pra essa mulher lavar a boca com cândida para falar mal dos eleitores de Bolsonaro. Peço aí um voto de repúdio para essa senhora de sucesso, mas que falou muita besteira. Ela não sabe o que fala. Ela tem que fechar essa fossa e respeitar os eleitores. Eu exijo que ela vá nas redes sociais e peça desculpas. Lava a boca, escova os dentes com cândida para falar do nosso brasileiro”, disparou Nil.

Graciela Zabotto