No hospital, Pelé solta a voz e arrasa ao cantar sambas de Adoniran Barbosa

 No hospital, Pelé solta a voz e arrasa ao cantar sambas de Adoniran Barbosa

Reprodução/@ iamkelynascimento

Desde que a filha de Pelé, Kely Nascimento, passou a publicar registros do pai, que está internado no hospital Albert Einstein há cerca de três semanas, a rotina do Rei vem sendo acompanhada quase diariamente. O ex-jogador, atualmente com 80 anos, passou por uma cirurgia para retirar um tumor no cólon descoberto durante uma bateria de exames de rotina.

Na última quarta-feira (22), o atleta foi visto cantando o hino do Santos na companhia de uma dupla de seresteiros, tirando a tarde para esquecer por alguns momentos as fragilidades da saúde e relembrar as músicas que mexem com ele. O pedido para a canção teria partido do próprio Pelé, que aproveitou a companhia dos músicos para pedir uma série de músicas que marcaram a sua juventude, tais como os sambas “Ai que saudades da Amélia (1942)”, de Mario Lago e Ataulfo Alves; e “Samba do Arnesto (1953)” e “Trem das onze (1964”), ambas de Adoniran Barbosa.

“O cara manja de samba! Cantou tudo”, disparou Márcia Siloto, que, ao lado de Maykon Armond forma a dupla Seresteiros ao luar. “Ele sabia todas as letras. Foi muito legal. Ele é um doce de pessoa”, completou ele ao jornal EXTRA.

No Instagram, a filha de Pelé registrou o momento especial e não poupou agradecimentos a Márcia e Maykon,que são contratados do Albert Einstein para levar música aos pacientes do hospital.

“Vocês pediram mais! Melhor que isso não tem. Marcia e Maykon, essa dupla maravilhosa de anjos seresteiros vem alegrando os pacientes do @hosp_einstein por 19 anos! Música é TUDO!! Milhões de corações não são suficientes”, escreveu ela na legenda da publicação.

Mesmo que não tenha se destacado tanto como conseguiu no futebol, ao longo da sua trajetória, Pelé tentou se arriscar como cantor e compositor. O atleta chegou, inclusive, a trabalhar com grandes nomes da música brasileira: Elis Regina, com quem gravou “Tabelinha”, um compacto duplo em 1969 com duas composições dele, e o pianista Sérgio Mendes, com quem lançou um LP em 1978 com seis canções do ex-jogador.

RECUPERAÇÃO NO HOSPITAL
Pelé mostrou que está cada vez mais recuperado. Na última terça-feira (21), o ex-jogador de futebol alegrou os fãs ao compartilhar um vídeo nas redes sociais já fazendo exercícios no hospital. Internado desde o final de agosto, o atleta precisou passar por uma cirurgia para a retirada de um tumor no cólon, que foi descoberto depois de uma bateria de exames de rotina.

Ao compartilhar o registro, Pelé ainda aproveitou o espaço para falar da sua recuperação e agradecer as mensagens de carinho que está recebendo. “Amigos, envio esse vídeo que a minha esposa fez hoje, para dividir com vocês a minha alegria. Estou cercado de carinho e de incentivos para me sentir um pouco melhor todos os dias. Pedalando desse jeito, em breve eu volto pra Santos, não acham”, disse ele na legenda da publicação em que aparece em uma bicicleta ergométrica.

Nos comentários, amigos e seguidores comemoraram a recuperação do atleta. “Pedala rei”, brincou um. “Vem logo! Esse domingo tem jogo e você está escalado”, disparou outro. “Desse jeito você volta para o Santos pedalando meu amigo”, escreveu um terceiro.

FAZENDO GOL DO HOSPITAL
No último domingo, 19 de setembro, Pelé usou o perfil no Instagram para dar mais uma boa notícia na sua recuperação pós cirurgia. O rei do futebol postou uma foto andando pelos corredores do hospital, em uma cadeira de rodas, reproduzindo o tradicional gesto que sempre fazia ao comemorar um gol.

“Como podem ver, estou dando socos no ar em comemoração a cada dia melhor. O bom humor é o melhor remédio e isso eu tenho de sobra. Não poderia ser diferente. É tanto carinho que tenho recebido, que estou com o coração cheio de gratidão. Obrigado a toda equipe incrível do Hospital Albert Einstein!”, escreveu.

Lembrando que o jogador foi internado no dia 31 de agosto para realizar uma cirurgia de retirada de um câncer na região do intestino. Na sexta-feira, 17 de setembro, ele teve uma instabilidade respiratória e precisou voltar para a UTI mas, poucas horas depois, já pode voltar para o quarto de cuidados semi-intensivos conforme informou o boletim médico emitido pela equipe que atende Pelé:

” Edson Arantes do Nascimento apresentou breve instabilidade respiratória na madrugada de 17 de setembro, e como medida preventiva, foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Após estabilização do quadro, o paciente passou para cuidados semi-intensivos. Ele encontra-se, neste momento, estável do ponto de vista cardiovascular e respiratório, e segue em recuperação de pós-operatório abdominal. (ofuxico.com.br)

Da Redação