27 de maio de 2024 22:36

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 22:36

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Adesão do Cioeste ao Sistema Brasileiro de Inteligência deve reduzir criminalidade na região

Divulgação

Graciela Zabotto    -
15 de março de 2024

Em entrevista ao Diário da Região, Reinaldo Monteiro, presidente nacional da AGM (Associação das Guardas Municipais), disse que com a integração das Guardas Civis Municipais (GCM) das 12 cidades que compõe o Cioeste ao Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin) pode resultar em uma redução significativa de crime na região.

Recentemente, Monteiro se reuniu com os comandantes de todas as GCM da região para efetivar o convite para integrar o Sisbin.

“Com a integração ao Sisbin nós vamos ter uma redução muito grande de crimes na região porque o trabalho de inteligência é o que vai nortear todo o plano operacional das cidades”, explicou.

A integração também pode evitar a realização de pancadões.

“Os municípios terão como se comunicarem melhor e, a partir desse sistema, desenvolver ações mais pontuais para coibir os pancadões na região”, completou Monteiro.

O presidente da AGM Brasil ainda ressaltou que também serão efetivadas ações que vão atuar diretamente no combate ao crime organizado.

“A GCM poderá identificar, dentro do seu município, onde estão acontecendo ações, ou tratativas, com o crime organizado, ou facções criminosas”, finalizou Reinaldo Monteiro.

No fim de janeiro, a delegada Priscila Camargo, secretária da Segurança Pública de Itapevi, já sinalizou o desejo de incluir a cidade ao Sisbin.