27 de maio de 2024 23:08

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 23:08

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Advogado do Rio quer proibir Bíblia em plenário da Câmara de Osasco

Divulgação

Graciela Zabotto    -
27 de março de 2024

Eduardo Banks dos Santos Pinheiros, um advogado do Estado do Rio de Janeiro, entrou com uma Representação junto à Procuradoria Geral da Justiça propondo uma Ação de Inconstitucionalidade contra o Artigo 129 do Parágrafo Único do Regimento Interno da Câmara Municipal de Osasco.

Na prática, o advogado quer que a Casa retire a Bíblia que fica aberta exposta no plenário da Casa, ao lado da Mesa Diretora, e que também não se fale mais a expressão “Sob a proteção de Deus” no início dos trabalhos legislativos.

A informação foi dada pelo vereador Délbio Teruel (União Brasil) na terça-feira (26) durante sessão ordinária. Ele também não poupou críticas ao advogado.

“Deve ser um maluco, irresponsável, idiota que não tem o que fazer para entrar com uma moção desse tipo. Deve estar caçando pelo em ovo. É um tremendo imbecil para inventar uma história dessa. E entrar do Rio de Janeiro contra a nossa Câmara Municipal de Osasco”, disparou Délbio.

Carmônio Bastos (Podemos), presidente da Câmara, também alfinetou o advogado: “No Rio não tem crime. O Rio de Janeiro está tranquilo. Está uma paz. Provavelmente não tem trabalho lá no Rio”, ironizou sobre o grande número de crimes no estado carioca.