5 de março de 2024 00:16

Receita corrente líquida de Osasco cresce 3% em 2023
Vereador sugere que Prefeitura crie dicionário de ruas de Osasco
Joel Nunes pede proibição de caminhões e ônibus em rua do Km18
Marcos Neves vai anunciar em abril seu candidato a prefeito
"Governo Lula repassou R$ 17 milhões a Carapicuíba em janeiro", diz ministro
Após ameaçar ex-esposa, assassino pula de altura de 4 metros e quebra o pé

5 de março de 2024 00:16

Receita corrente líquida de Osasco cresce 3% em 2023
Vereador sugere que Prefeitura crie dicionário de ruas de Osasco
Joel Nunes pede proibição de caminhões e ônibus em rua do Km18
Marcos Neves vai anunciar em abril seu candidato a prefeito
"Governo Lula repassou R$ 17 milhões a Carapicuíba em janeiro", diz ministro
Após ameaçar ex-esposa, assassino pula de altura de 4 metros e quebra o pé
Amizade de infância termina com 14 tiros em Carapicuíba

(Divulgação)

Mari Magdesian    -
05 de outubro de 2020

Um homem foi preso em flagrante após atirar 14 vezes em amigo de infância na avenida Desembargador Doutor Eduardo Cunha de Abreu, em Carapicuíba, na noite de sexta-feira (2).

Policiais militares estavam em patrulhamento de rotina quando populares que estavam na calçada disseram que haviam escutado diversos disparos de arma de fogo. Os PMs encontraram viram cápsulas de bala próximas a veículo. No banco de trás, havia uma pessoa ferida.

Segundo a Polícia Militar, o homem foi atingido por disparos na frente de casa, perto da estação Miguel Costa da CPTM.

O crime teria sido motivado por uma briga entre famílias. O agressor afirma que a vítima tinha ameaçado seus familiares. Por isso foi ao local, armado, tirar satisfações. Deixou sua moto em uma rua próxima e foi a pé até a casa da vítima, um amigo de infância. Atirou 14 vezes contra ele. Mais de quatro disparos atingiram o abdômen, cinco acertaram o braço e um, a cabeça da vítima.

O ferido foi levado ao pronto socorro do Hospital Geral de Carapicuíba, onde passou por cirurgia na madrugada de sábado (3).

Logo após o crime, uma testemunha informou que viu o suspeito fugindo a pé. Os PMs iniciaram as buscas e localizaram o atirador. Segundo a polícia, ele confessou o crime e disse que, após efetuar os disparos, saiu do local e entregou a arma do crime para um homem. A testemunha reconheceu o suspeito como autor dos disparos.

Foram solicitados perícia no local e exame residuográfico do atirador. A moto dele foi apreeendida e encaminhada ao pátio municipal, pois estava com o licenciamento atrasado. Ele foi autuado em flagrante. O caso foi registrado como homicídio qualificado, pelo 1° DP de Carapicuíba. (r7.com.br)