21 de maio de 2024 03:27

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança

21 de maio de 2024 03:27

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança
Ana Paula Rossi repudia pastor que culpa crianças por serem abusadas

Divulgação

Graciela Zabotto    -
08 de maio de 2024

Vereadores de Osasco repudiaram a fala do pastor Jonas Felício Pimentel, líder da igreja evangélica Tabernáculo da Fé de Goiânia, em que ele culpa crianças vítimas de abusos sexuais, provocou indignação nos parlamentares osasquenses.

A Moção de Repúdio apresentada pela vereadora Ana Paula Rossi (PL) foi aprovada na sessão ordinária de terça-feira (7).

Na tribuna, Ana Paula disse que a fala do pastor foi “um dos maiores absurdos que ela já ouviu”. “Não podemos aceitar calados um pastor usar um púlpito de uma igreja para dizer sobre a possibilidade de uma criança ter seduzido um abusador, achar uma justificativa para um abuso sexual. Isso é inadmissível. Nossa sociedade está doente”, declarou.

“A criança, em qualquer circunstância, é uma vítima. Não existe nenhuma possibilidade, nenhum critério que a faça culpada. Isso é um absurdo. Não representa a classe de pastores”, ressaltou a vereadora pastora Cristiane Celegato (Agir).

Os vereadores Joel Nunes (Republicanos), Lúcia da Saúde (Podemos), pastor Paulo Junior (PRD) e Pelé da Cândida (Podemos) também criticaram o pastor.