20 de julho de 2024 01:30

Parada LGBT+ de Osasco acontece neste domingo
Bandido assalta mesma farmácia pela segunda vez
Gari que se veste de "bailarina" vai disputar para vereador em Itapevi
Shopping Central Park abre as portas às 12h do dia 25
Tarcísio vai gastar R$ 7,2 milhões com policiais em apenas 100 escolas cívico-militares
PM prende funcionária de lava-rápido condenada por homicídio até 2040

20 de julho de 2024 01:30

Parada LGBT+ de Osasco acontece neste domingo
Bandido assalta mesma farmácia pela segunda vez
Gari que se veste de "bailarina" vai disputar para vereador em Itapevi
Shopping Central Park abre as portas às 12h do dia 25
Tarcísio vai gastar R$ 7,2 milhões com policiais em apenas 100 escolas cívico-militares
PM prende funcionária de lava-rápido condenada por homicídio até 2040
AtivOz destina R$ 50 mil ao Centro de Referência e Cidadania da Diversidade

Divulgação

Da redação     -
25 de junho de 2024

A vereadora Juliana da AtivOz (Psol) destinou R$ 50 mil da emenda impositiva deste ano para o CRCD (Centro de Referência e Cidadania da Diversidade), espaço de acolhimento à população LGBT+, que funciona na rua Alfredo Schimidt, no centro de Osasco.

Inaugurado há cerca de um ano, o equipamento público é ligado à Secretaria Executiva para Mulheres e Promoção da Diversidade (Semud) e foi criado para que a população LGBT+ tenha acesso a atendimentos com assistentes sociais e psicólogos, além de receber orientações para serviços como a retificação de nome e encaminhamentos para vagas de emprego.

A princípio, a verba de R$ 50 mil foi destinada para a retificação de nomes –processo que custa em média R$ 500 por pessoa. No entanto, a Semud orientou a mandata a mudar a destinação da emenda porque a Prefeitura de Osasco não tem convênio com cartórios de registro civil para a execução desse tipo de serviço.

Assim, o covereador Higor Andrade se reuniu com funcionários do CRCD, que informaram sobre a demanda de um veículo, e, dessa maneira, a emenda foi realocada para aquisição do veículo que será utilizado para agilizar o atendimento a pessoas LGBT+ sem condições de comparecer ao CRCD.