14 de julho de 2024 23:01

Mandato coletivo AtivOz busca reeleição com nova formação
Camila Godói se reúne com Márcio França e conquista recurso para Escola do Futuro
Prefeitura Osasco implanta Operação Inverno até setembro
Musical “Os Saltimbancos” se apresenta domingo em Osasco
Fundo Social faz chamamento público para decoração natalina
Libânia Aparecida é pré-candidata a vereadora pelo PSD em Osasco

14 de julho de 2024 23:01

Mandato coletivo AtivOz busca reeleição com nova formação
Camila Godói se reúne com Márcio França e conquista recurso para Escola do Futuro
Prefeitura Osasco implanta Operação Inverno até setembro
Musical “Os Saltimbancos” se apresenta domingo em Osasco
Fundo Social faz chamamento público para decoração natalina
Libânia Aparecida é pré-candidata a vereadora pelo PSD em Osasco
Basket Osasco vence Botafogo e fica com o terceiro lugar no Brasileiro

foto: Caio Henrique

Da redação     -
24 de maio de 2021

No sábado (22) na Arena Brusque, Santa Catarina, em um jogo disputadíssimo, o Basket Osasco venceu o time do Botafogo por 77 a 72, se sagrando assim, o terceiro colocado do Campeonato Brasileiro de basquete adulto masculino. 

Por apenas cinco pontos de diferença, a equipe do Botafogo ficou com a quarta colocação do Brasileirão, o que não desmerece o time que fez uma belíssima partida e junto com o Basket Osasco fizeram jus ao que é o campeonato brasileiro.

Ambas as equipes com uma performance excelente na partida deste sábado e durante todo o campeonato, os grandes destaques do jogo foram: Gustavo Scaglia, Igor Avelino pelo Basket Osasco  e Adler Monteiro, pelo Botafogo. 

O capitão do Basket Osasco, Scaglia, marcou 19 pontos, 11 rebotes, oito assistências e 28 de eficiência, além de ficar mais de 39 minutos em quatro, já o Igor, ajudou a equipe paulista com 20 pontos, três rebotes, duas assistências e 21 de eficiência. Adler Monteiro foi o melhor jogador do lado do Botafogo, marcando 19 pontos, quatro assistências e 18 de eficiência.

Outro destaque individual do Basket Osasco na competição foi o armador argentino Santiago Ludueña, indicado como uma das revelações do Campeonato. O vencedor, escolhido em votação por capitães e técnicos das 12 equipes foi pivô Ralf Ansaloni, do União Corinthians.

O título do Brasileiro acabou ficando com o União Corinthians, de Santa Cruz do Sul-RS, que também no sábado venceu o Flamengo Blumenau-SC, por 80 a 68 e acabou ficando com a taça.