17 de junho de 2024 10:06

Carapicuíba será 1° da região a ter escola do estado sob gestão da iniciativa privada
"Nosso objetivo é um só, é colocar vagabundo atrás das grades", diz Derrite
Câmara aprova R$ 77 milhões para reurbanização do Rochdale
Maior operação policial da América Latina prende 24 pessoas em Osasco
Polícia Militar apreende 8 kg de drogas no Jaguaribe
Teco Godoy se filia ao Podemos em Itapevi

17 de junho de 2024 10:06

Carapicuíba será 1° da região a ter escola do estado sob gestão da iniciativa privada
"Nosso objetivo é um só, é colocar vagabundo atrás das grades", diz Derrite
Câmara aprova R$ 77 milhões para reurbanização do Rochdale
Maior operação policial da América Latina prende 24 pessoas em Osasco
Polícia Militar apreende 8 kg de drogas no Jaguaribe
Teco Godoy se filia ao Podemos em Itapevi
Carapicuíba inicia aplicação da nova vacina contra Covid-19

Divulgação

Da redação     -
11 de junho de 2024

A Secretaria da Saúde de Carapicuíba iniciou a vacinação contra a Covid-19, com o imunizante Spikevax, da farmacêutica Moderna. A imunização acontece em todas as Unidades Básicas de Saúde, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h30.

Inicialmente, seguindo os critérios do Ministério da Saúde, a aplicação será feita em grupos prioritários (Veja tabela abaixo).

A Prefeitura ressalta que no caso de crianças, a vacina será aplicada considerando o esquema vacinal que ela já tenha tomado anteriormente.

Os documentos necessários para a vacinação são: RG, CPF e Cartão do SUS. Menores de idade devem estar acompanhados de um responsável adulto.

Grupos prioritários para vacinação

· Pessoas com 60 anos ou mais de idade;
· crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11meses e 29 dias);
· Pessoas imunocomprometidas;
· Trabalhadores da Saúde (serviços públicos e privados);
· Gestantes e puérperas;
· Ribeirinhos;
· Pessoas vivendo em instituições de longa permanência (ILPI e RI), e seus trabalhadores;
· População indígena;
· Povos quilombolas;
· Pessoas com deficiência permanente (apresentar laudo médico);
· Pessoas com comorbidades;
· População privada de liberdade;
· Adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas;
· Funcionários do sistema prisional (apresentar carteira funcional ou comprovante de trabalho);
· Pessoas em situação de rua.