21 de maio de 2024 09:55

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança

21 de maio de 2024 09:55

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança
Carapicuíba prorroga isenção de IPTU até 30 de setembro

Podem solicitar o benefício aposentados; segurados em gozo de auxílio doença

Mari Magdesian    -
15 de setembro de 2020

Devido a pandemia do coronavírus, a prefeitura de Carapicuíba prorrogou o prazo para solicitar a isenção de IPTU até o dia 30 de setembro. Para protocolar a solicitação o munícipe deve comparecer na Secretaria de Receita e Rendas, localizada no prédio do Centro Administrativo (rua Joaquim das Neves, 211). O horário de atendimento é das 10 às 16 horas.

Os documentos necessários são: cópias de documento de propriedade do imóvel, RG, CPF, comprovante de endereço, demonstrativo de crédito do benefício e espelho de IPTU.

Para evitar aglomeração, a Prefeitura disponibiliza um e-mail (iptu@carapicuiba.sp.gov.br) para protocolar a solicitação de isenção.

Podem solicitar o benefício aposentados; segurados em gozo de auxílio doença; deficientes físicos ou mentais (com laudo médico comprobatório da deficiência, emitido há 12 meses anteriores ao requerimento); maiores de 65 anos de idade; viúvos, usufrutuários ou pensionistas, com 65 anos ou mais (masculino) e 60 anos ou mais (feminino).

Quem recebe no máximo um salário mínimo tem direito a 100% de isenção. Já quem recebe acima de um salário e até três salários mínimos terá direito a 50% de isenção.