20 de maio de 2024 16:21

Lins vai deixar barba crescer e raspar cabelo para ficar igual a Gerson
Lins pede calma aos motoristas após abertura da nova ponte a Osasco
Por rádio, governador autoriza liberação da nova ponte a Osasco
Você viu isso? Carro capota após colidir contra muro
Homem vê esposa com amigo na moto e tenta atropelar os dois
"Nada vai impedir que a gente conquiste essa vitória", diz Márcio França sobre Camila Godoi

20 de maio de 2024 16:21

Lins vai deixar barba crescer e raspar cabelo para ficar igual a Gerson
Lins pede calma aos motoristas após abertura da nova ponte a Osasco
Por rádio, governador autoriza liberação da nova ponte a Osasco
Você viu isso? Carro capota após colidir contra muro
Homem vê esposa com amigo na moto e tenta atropelar os dois
"Nada vai impedir que a gente conquiste essa vitória", diz Márcio França sobre Camila Godoi
Carpini assume com missão de tirar Oeste Barueri da lanterna

(Foto Caio Henrique)

Sergio Redator    -
01 de outubro de 2020

Já sob o comando de Thiago Carpini, que assumiu o clube na última quarta-feira (30), o Oeste Barueri enfrenta o Figueirense, nesta sexta-feira (02), às 16h30, no estádio Orlando Scarpelli, pela 13º rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Carpini assume a vaga de Renan Freitas, demitido após a derrota para o Botafogo, de Ribeirão Preto, por 1 a 0, na última terça-feira (29).

Thiago Carpini assume o Oeste em situação delicada na Série B. Na lanterna, o Rubrão soma apenas seis pontos em campanha de uma vitória, três empates e oito derrotas.

Pelo Guarani, Thiago Carpini se tornou o técnico no século 21 com mais tempo no cargo após ficar 374 dias consecutivos no comando do time. No entanto, os maus resultados na Série B – cinco derrotas nas seis primeiras rodadas – custaram o cargo do treinador no time de Campinas, que acabou demitido no fim de agosto. Nascido em Valinhos, tem apenas 36 anos, e como jogador atuava como volante.

Entre outros times jogou por Ponte Preta, Atlético Mineiro, Bahia e Guarani. Após encerrar a carreira, trabalhou como auxiliar técnico no Botafogo da Paraíba, em 2018, e no Guarani em 2019, iniciando no mesmo ano a carreira como treinador no Bugre campineiro.

Renan Freitas, que é filho do CEO do clube, Cidão Freitas, não resistiu aos maus resultados na temporada. Em 25 jogos, foram 16 derrotas, cinco empates e apenas quatro vitórias, aproveitamento de apenas 22% dos pontos disputados. O Rubrão acabou rebaixado no Campeonato Paulista e é lanterna na Série B.