26 de maio de 2024 15:43

Aposta de Osasco leva prêmio de 1,2 milhão na Lotofácil
Capotamento "trava" Raposo Tavares no sentido Capital
Tarcísio autoriza 16 radares na Raposo entre Cotia e SP; veja locais
Ana Paula Rossi deixa Câmara de Osasco por um mês
Cajamar faz Expo Emprego com maior oferta de vagas da história da Região Metropolitana
Emidio diz que “escola não é quartel” sobre escola cívico-militar

26 de maio de 2024 15:43

Aposta de Osasco leva prêmio de 1,2 milhão na Lotofácil
Capotamento "trava" Raposo Tavares no sentido Capital
Tarcísio autoriza 16 radares na Raposo entre Cotia e SP; veja locais
Ana Paula Rossi deixa Câmara de Osasco por um mês
Cajamar faz Expo Emprego com maior oferta de vagas da história da Região Metropolitana
Emidio diz que “escola não é quartel” sobre escola cívico-militar
Casas Bahia pede recuperação extrajudicial

Divulgação

Da redação     -
29 de abril de 2024

O Grupo Casas Bahia, um dos maiores varejistas do Brasil, entrou com pedido de recuperação extrajudicial, declarando uma dívida de R$ 4,1 bilhões.

Pedido é restritivo ao Banco do Brasil e Bradesco para quem o grupo pede renegociação de financiamentos. As dívidas com colaboradores, fornecedores e demais credores não estão inclusas.

Na proposta feita aos dois Bancos, as Casas Bahia pede ampliação de prazo de 22 meses para 6 anos [72 meses] para quitação da dívida, além da carência de 24 meses para início do pagamento dos juros e de 30 meses para começar a quitar o montante da dívida.

O grupo explica que a dívida bilionária se deve a três fatores: resquício ainda dá pandemia de Covid-19; rebaixamento da empresa no ranking S&P Global Ratings e desvalorização das ações e da alta na taxa de juros.