27 de maio de 2024 18:34

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 18:34

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Castramóvel Osasco deve iniciar cirurgias no primeiro trimestre de 2021

(Divulgação)

Mari Magdesian    -
24 de novembro de 2020

A prefeitura de Osasco já homologou a licitação para contratação da Clínica Veterinária Ricardo para implantação de um Castramóvel em Osasco. O processo tramita, agora, no Departamento Jurídico para elaboração do contrato. O serviço gratuito de castração de cães e gatos só poderá ser iniciado após o trâmite burocrático, o que deve acontecer ainda no primeiro trimestre do ano que vem.

Clinica Veterinária Ricardo receberá R$ 471 mil para fazer 3 mil castrações no prazo de um ano. A unidade deverá atender principalmente regiões onde as pessoas não têm condições de se locomover até um dos dois hospitais público veterinário de Osasco, que ficam na Zona Norte e Zona Sul da cidade.  No total serão 15 bairros e, em alguns, onde a demanda for maior, o Castramóvel poderá retornar. Atualmente, a agenda para castração no hospital veterinário público está suspensa. Neste ano, segundo dados da prefeitura, foram castrações 448 animais entre junho e novembro, sendo junho (142); julho (74); agosto (118); setembro (44); outubro (78) e novembro (32).

O valor a ser gasto com o Castramóvel será pago como parte do recurso de R$ 1 milhão pactuado no Termo de Ajuste de Conduta (TAC), firmado entre o Carrefour e a prefeitura de Osasco, nos autos do Inquérito Civil n° 7054/18, instaurado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, referente a agressão cometida por um segurança, em sua loja na cidade, que resultou na morte de um cão de rua conhecido como Manchinha, em 28 de novembro de 2018. Além do valor destinado ao castramóvel, outros R$ 350 mil vão para a compra de medicamentos para o Hospital Municipal Veterinário – que inclusive tem o nome de Manchinha – ou que estejam no canil municipal. E R$ 150 mil para a aquisição e entrega de rações para associações, ONGs e entidades que cuidam de animais em Osasco.