17 de julho de 2024 13:02

Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C
Veja imagem de ladrões de se rendendo após perseguição pela GCM
Bairros da Zona Norte vão ganhar três pontes em agosto
Ecopontos recolhem mil toneladas de resíduos por mês
"Carga Segura" vistoria 35 caminhões e multa 10 motoristas

17 de julho de 2024 13:02

Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C
Veja imagem de ladrões de se rendendo após perseguição pela GCM
Bairros da Zona Norte vão ganhar três pontes em agosto
Ecopontos recolhem mil toneladas de resíduos por mês
"Carga Segura" vistoria 35 caminhões e multa 10 motoristas
Causa da morte de voluntário da vacina CoronaVac foi suicídio

(Divulgação)

Da redação     -
10 de novembro de 2020

A causa da morte do voluntário que participava dos testes da vacina CoronaVac foi suicídio, indicou o boletim de ocorrência obtido nesta terça-feira (10) pela TV Globo.

Na véspera, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) havia suspendido temporariamente os testes do imunizante, que é desenvolvido pela farmacêutica chinesa SinoVac. No Brasil, a produção da vacina ficará a cargo do Instituto Butantan, que é vinculado ao governo de São Paulo e também coordena os testes da CoronaVac no país.

Ao fazer o anúncio da interrupção dos estudos, a Anvisa citou “evento adverso grave”, mas não deu detalhes sobre o motivo específico que levou à suspensão.

Pouco depois da divulgação da causa da morte do voluntário, o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, afirmou em entrevista coletiva que “objetivamente, não havia essa informação [de que o voluntário se suicidou] entre as que recebemos ontem [segunda-feira]”.

Em coletiva nesta terça-feira (10), governo de SP disse que era impossível relacionar o óbito ao imunizante. PMs encontraram vítima no banheiro ao lado de seringas e ampolas de remédio, segundo o BO. (com g1.com.br)