17 de junho de 2024 10:20

Carapicuíba será 1° da região a ter escola do estado sob gestão da iniciativa privada
"Nosso objetivo é um só, é colocar vagabundo atrás das grades", diz Derrite
Câmara aprova R$ 77 milhões para reurbanização do Rochdale
Maior operação policial da América Latina prende 24 pessoas em Osasco
Polícia Militar apreende 8 kg de drogas no Jaguaribe
Teco Godoy se filia ao Podemos em Itapevi

17 de junho de 2024 10:20

Carapicuíba será 1° da região a ter escola do estado sob gestão da iniciativa privada
"Nosso objetivo é um só, é colocar vagabundo atrás das grades", diz Derrite
Câmara aprova R$ 77 milhões para reurbanização do Rochdale
Maior operação policial da América Latina prende 24 pessoas em Osasco
Polícia Militar apreende 8 kg de drogas no Jaguaribe
Teco Godoy se filia ao Podemos em Itapevi
Cioeste quer criar centros especializados para crianças autistas e TDAH

Divulgação

Da redação     -
05 de junho de 2024

Na terça feira, 4 de junho, ocorreu a primeira reunião de 2024 da Câmara Técnica de Educação das cidades que integram o Cioeste. O encontro contou com a presença de secretários e coordenadores de Educação de toda a região e foi coordenado pelo secretário de Educação de Cajamar, Régis Souza, que iniciou, na ocasião, a coordenação do grupo.

Por sugestão do presidente Danilo Joan, prefeito de Cajamar, e em alinhamento com a Secretaria de Educação, Régis Souza apresentou uma proposta focada no atendimento às crianças e jovens com Transtorno do Espectro Autista (TEA), Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e outras necessidades especiais. A ideia é tratar essas questões de forma conjunta entre as cidades para superar desafios por meio da criação de centros de atendimento de educação especializada.

Esses centros seriam baseados no modelo do centro existente em Cajamar, que oferece atendimento com fonoaudiólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos, médicos neurologistas e psiquiatras infantis. A unidade emite laudos de forma precoce, acelerando o atendimento das crianças e adolescentes. Cada criança tem um auxiliar em sala de aula, e há atualmente 250 estagiários que atuam como auxiliares nos períodos da manhã e da tarde. A proposta de Régis é estabelecer alguns centros de apoio em regiões estratégicas.

Durante a reunião, os participantes discutiram os desafios no atendimento a esses alunos, a atuação das secretarias de Saúde e do Ministério Público, e os projetos existentes nas cidades, como o programa Mãe Atípica de Jandira. Outros pontos abordados foram a questão do transporte para esses alunos, políticas públicas e a busca por possíveis parcerias.

Além disso, foi iniciada a discussão sobre a formação do primeiro Fórum de Educação da região, com a participação de promotores de justiça das cidades, para tratar do atendimento a crianças com necessidades especiais.