21 de junho de 2024 17:15

150 policiais e 80 viaturas já estão na divisa de Osasco com Carapicuíba
Última semana do Arraiá de Barueri tem axé, pagode, forró e sertanejo
Prefeito inaugura 4ª Cia da Polícia Militar na Vila Ayrosa
Cena forte! Homem executado com 8 tiros foi baleado com a moto em movimento
Capriotti pede que Hospital Veterinário funcione aos sábados, domingos e feriados
Vereador Bispo Nunes pede escolas cívico-militares em Osasco

21 de junho de 2024 17:15

150 policiais e 80 viaturas já estão na divisa de Osasco com Carapicuíba
Última semana do Arraiá de Barueri tem axé, pagode, forró e sertanejo
Prefeito inaugura 4ª Cia da Polícia Militar na Vila Ayrosa
Cena forte! Homem executado com 8 tiros foi baleado com a moto em movimento
Capriotti pede que Hospital Veterinário funcione aos sábados, domingos e feriados
Vereador Bispo Nunes pede escolas cívico-militares em Osasco
Com Lula, Dilma e Haddad PT oficializa Emidio em Osasco

Divulgação

Da redação     -
15 de setembro de 2020

Com a participação virtual dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, o Partido dos Trabalhadores de Osasco oficializou neste domingo (13), durante convenção municipal, o deputado estadual Emidio de Souza como candidato a prefeito de Osasco. A convenção também aprovou o nome do Pastor Silvio Neves do PTB para candidato a vice-prefeito da chapa majoritária da coligação “Osasco quer Mudança”, composta pelo PT, PV e PTB.

Realizada em ambiente virtual devido a pandemia de coronavírus, a Convenção foi conduzida por jovens atores da cidade que se voluntariaram por acreditar no projeto.

Emidio explicou que apoio do PV e PTB, em nenhum momento, discute espaço no governo. Ele ressaltou que em suas gestões anteriores criou o novo Código Tributário de Osasco; cidade saltou da 25ª posição no PIB para 6º PIB, maior do que muitas capitais. Emidio também destacou que não fará uma campanha de ataques, mas sim, com ideias.

Também marcaram presença na convenção: o presidente do PV, Carlos Marx; o coordenador do Programa de Governo do PT de Osasco e ex-deputado federal Valmir Prascidelli; os senadores Humberto Costa e Paulo Paim; os deputados federais: Maria do Rosário, Alexandre Padilha, Paulo Teixeira, Rui Falcão, Vicentinho; os deputados estaduais: Enio Tatto, Paulo Fiorillo, Luiz Fernando, Márcia Lia e Jorge do Carmo; os dirigentes partidários: Jilmar Tatto (candidato a prefeito em São Paulo) e Mônica Valente; o presidente da Fundação Perseu Abramo, Aloizio Mercadante, entre outras autoridades do meio jurídico e do cenário cultural.