21 de maio de 2024 03:33

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança

21 de maio de 2024 03:33

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança
Délbio pede a moradores que deixem agentes de combate à dengue entrarem nas casas

Divulgação

Graciela Zabotto    -
21 de março de 2024

Vereador e líder do prefeito Rogério Lins (Podemos) na Câmara Municipal, Délbio Teruel (União Brasil) pediu aos moradores de Osasco que aceitem em suas casas a visita dos agentes da Vigilância Sanitária para verificação e eliminação de possíveis focos de dengue.

“Muita gente está com medo de abrir as portas. De deixar os agentes entrarem. A gente sabe que a questão da segurança é super importante. As pessoas ficam com medo, mas eles são super bem identificados. Os agentes estão uniformizados. Tem van da Prefeitura do lado de fora. Geralmente um carro da Secretaria da Saúde. Então, se tiver dúvida, se a pessoa está em casa e tem um cara batendo querendo ver a dengue, abra a porta e saia lá fora. Vai dar uma olhada e ver o entorno que vai encontrar a van com os outros agentes. Estão com crachá e bem identificado”, explicou Délbio Teruel durante sessão ordinária da Câmara Municipal dessa terça-feira (19).

Ele também pediu para que os moradores cuidem de suas casas. “Todo mundo está preocupado e assustado com essa situação. Eu queria transmitir aos munícipes a mensagem de que efetivamente cuidem das suas casas, que olhem vasos e outros recipientes capazes de acumular água e ser criadouro do mosquito transmissor da doença, porque a dengue está crescendo. A cidade de São Paulo decretou estado de calamidade”, alertou.

Central 156

Os moradores de Osasco agora têm à disposição uma opção específica para relatar casos de dengue no WhatsApp da Central 156 da Prefeitura, acessível pelo número (11) 3651-7080.

Ao utilizar este canal, os cidadãos podem selecionar a opção 10 – “Denúncia de Foco de Dengue” e seguir as instruções para solicitar o serviço.