19 de maio de 2024 21:38

"Nada vai impedir que a gente conquiste essa vitória", diz Márcio França sobre Camila Godoi
Motoboy xingou atendente de "vaca", diz Mc Donald's
Tarcísio inaugura novo acesso a Osasco neste domingo
Câmara aprova CEP Digital em Osasco e projeto aguarda sanção do prefeito
Casal é expulso de PS após namoro "quente" num cantinho isolado
Homem é agredido pela população após bater em padrasto

19 de maio de 2024 21:38

"Nada vai impedir que a gente conquiste essa vitória", diz Márcio França sobre Camila Godoi
Motoboy xingou atendente de "vaca", diz Mc Donald's
Tarcísio inaugura novo acesso a Osasco neste domingo
Câmara aprova CEP Digital em Osasco e projeto aguarda sanção do prefeito
Casal é expulso de PS após namoro "quente" num cantinho isolado
Homem é agredido pela população após bater em padrasto
Denúncia levou polícia até homem condenado pelo ‘tribunal do crime’

(Divulgação)

Mari Magdesian    -
22 de setembro de 2020

Uma denúncia levou a polícia militar até um homem jurado de morte pelo ‘tribunal do crime’.  Ele era mantido refém desde a noite de domingo em um barraco na favela do Santa Rita, em Osasco, e seria executado na segunda-feira (21). O homem já tem passagem por tráfico de drogas e tinha dívidas pendentes com a facção.

Aos policiais, o homem disse que teria sido dopado e sequestrado. “Ele falou que foi dopado e que em um momento de descuido da dupla que o sequestrou ele conseguiu pedir ajuda a um amigo, que teria ligado para a polícia”, contou um dos PMs que participou da ocorrência. “No local indicado encontramos três indivíduos. Um deles se identificou como vítima e os outros dois confessaram que haveria o julgamento pelo tribunal do crime”, completou. No barraco foram apreendidos dois aparelhos celulares. Os dois foram levados para a delegacia.