23 de fevereiro de 2024 08:23

Osasco soma 10 mil títulos de regularização entregues em sete anos
"Semana do cinema" começa hoje com ingressos a R$ 12
Vereadores de Cotia aumentam o próprio salário em 10,28% em um ano
Vôlei Osasco bate o Fluminense e chega a nona vitória seguida
Circo Stankowich se apresenta pela 1° vez em Barueri
Palmeiras volta à Arena Barueri em jogo contra Mirassol

23 de fevereiro de 2024 08:23

Osasco soma 10 mil títulos de regularização entregues em sete anos
"Semana do cinema" começa hoje com ingressos a R$ 12
Vereadores de Cotia aumentam o próprio salário em 10,28% em um ano
Vôlei Osasco bate o Fluminense e chega a nona vitória seguida
Circo Stankowich se apresenta pela 1° vez em Barueri
Palmeiras volta à Arena Barueri em jogo contra Mirassol
Dise Osasco estoura "casa bomba" com quase 10 quilos de maconha e cocaína

Divulgação

Maranhão Gomes     -
31 de outubro de 2023

Investigadores da Dise (Delegacia de Investigação Sobre Entorpecentes) de Osasco, sob comando do delegado Igor Guedes, estouraram, nesta segunda (30), uma “casa bomba” na rua Santa Dolores, 235, Vila Silvania, em Carapicuíba.

No imóvel, um sobrado, foram apreendidos 5,6 quilos de maconha, 4,2 quilos de cocaína e 5 litros de lança perfume. Na garagem a Polícia Civil também encontrou um caminhão de pequeno porte da marca Hyundai HR HDB, de cor branca, placas EEU8A21 e um outro par de placas com a numeração QJJ8I98.

No local foram detidos Wanderson Almeida dos Santos e sua esposa. Na residência além do casal também moram duas filhas deles com 4 e 6 anos.

No momento da prisão a mulher de Wanderson demonstrou surpresa ao descobrir que o marido era traficante. Ela não foi indiciada. O delegado colheu seu depoimento e a liberou. Wanderson mantinha as drogas em um quarto do sobrado. A garagem também era usada para o mesmo fim.

No local foi encontrada uma pistola 9mm com numeração suprimida e 15 munições intactas, além de duas réplicas de arma de fogo e todo equipamento utilizado para preparo e distribuição dos entorpecentes em porções menores para venda nos pontos de tráfico de Osasco e Carapicuíba.

Ele foi indiciado por tráfico de drogas, posse ilegal de arma e deve responder também por roubou ou furto de veículo já que o caminhão na garagem estava com indícios de adulteração no chassi, o que será investigado.