20 de maio de 2024 16:05

Lins pede calma aos motoristas após abertura da nova ponte a Osasco
Por rádio, governador autoriza liberação da nova ponte a Osasco
Você viu isso? Carro capota após colidir contra muro
Homem vê esposa com amigo na moto e tenta atropelar os dois
"Nada vai impedir que a gente conquiste essa vitória", diz Márcio França sobre Camila Godoi
Motoboy xingou atendente de "vaca", diz Mc Donald's

20 de maio de 2024 16:05

Lins pede calma aos motoristas após abertura da nova ponte a Osasco
Por rádio, governador autoriza liberação da nova ponte a Osasco
Você viu isso? Carro capota após colidir contra muro
Homem vê esposa com amigo na moto e tenta atropelar os dois
"Nada vai impedir que a gente conquiste essa vitória", diz Márcio França sobre Camila Godoi
Motoboy xingou atendente de "vaca", diz Mc Donald's
Em dois dias Procon notifica 87 mercados por alta do arroz

(Divulgação)

Mari Magdesian    -
16 de setembro de 2020

O Procon de São Paulo notificou 87 supermercados nas últimas 48 horas a prestar esclarecimentos sobre a alta no preço de produtos da cesta básica. Foram supermercados de todo o estado. Segundo o Procon, a Operação Preço nas Alturas começou nesta segunda-feira (14) para apurar “aumentos injustificados de preços” em itens da cesta básica.

Os agentes de fiscalização pedem notas fiscais de compra dos produtos, verificam os preços que estão sendo revendidos ao consumidor e analisam a margem de lucro. Os principais itens fiscalizados pelos agentes são o arroz , óleo e carnes vermelhas.

Os maiores preços encontrados até agora foram no pacote de 5 quilos do arroz tipo 1 (R$ 27,90); óleo de soja (R$ 7,73) e o quilo do contrafilé (R$ 65). Nesta segunda-feira (14), dentre as carnes (por quilo), o Procon localizou estabelecimentos vendendo pelo valor máximo de R$ 47,69 o quilo do patinho; R$ 55,61 no coxão mole; R$ 53,11 no coxão duro e R$ 64,99 no contrafilé. De acordo com o Procon, a operação continua nos próximos dias.