22 de junho de 2024 01:23

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA

22 de junho de 2024 01:23

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA
Emidio cobra da ViaMobilidade fim das falhas nos trens

Divulgação

Da redação     -
07 de junho de 2024

Na quarta-feira (5), os deputados estaduais receberam o presidente da ViaMobilidade, Francisco Pierrini, na Comissão de Transportes e Comunicações, para discutir itens referentes ao serviço público oferecido pela companhia privada. O encontro aconteceu no Plenário Tiradentes, na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Durante a sessão que chegou a ser presidida pelo deputado estadual, Emidio de Souza, os parlamentares levantaram temas, propostas e questionamentos a respeito do serviço oferecido pela ViaMobilidade, responsável por 17 estações nas cidades de Osasco, Carapicuíba, Barueri, Jandira e Itapevi.

Em sua participação, Emidio, prefeito de Osasco em duas ocasiões, ressaltou que o serviço nas composições de trens e estações ainda é motivo de muita reclamação entre os moradores da cidade.

O deputado chamou a atenção para a ausência de projetos de mobilidade nas estações da região e questionou Pierrini se há alguma previsão para a implementação de obras.

“A acessibilidade nas estações de Osasco, como a de Comandante Sampaio está em reforma até novembro, Quitaúna já é acessível – inclusive nós fechamos a passagem de nível que tinha um problema histórico”, explicou o presidente da ViaMobilidade.

“Com relação à acessibilidade, estamos acompanhando a questão dos pisos táteis, das torneiras, corrimão e outras informações para PCD que estão em um processo de acessibilidade atendido”, completou Pierrini.