26 de fevereiro de 2024 05:03

Batalhão da Polícia Militar Rodoviária na Castelo será transferido
Carapicuíba faz Saúde + Perto de Vc na Vila Cretti
Obras do Calçadão de Itapevi começam no sábado
Com privatização Sabesp promete R$ 157 bi de investimentos na Grande SP
Câmara aprova projeto que permite reforma da rodoviária de Osasco
Fim de semana tem Dogão e Paralamas do Sucesso em Osasco

26 de fevereiro de 2024 05:03

Batalhão da Polícia Militar Rodoviária na Castelo será transferido
Carapicuíba faz Saúde + Perto de Vc na Vila Cretti
Obras do Calçadão de Itapevi começam no sábado
Com privatização Sabesp promete R$ 157 bi de investimentos na Grande SP
Câmara aprova projeto que permite reforma da rodoviária de Osasco
Fim de semana tem Dogão e Paralamas do Sucesso em Osasco
Forças Armadas podem agir nas eleições para garantir segurança

(Foto Marcelo Justo)

Mari Magdesian    -
20 de outubro de 2020

O governo federal publicou decreto que autoriza a ação de militares das Forças Armadas nas eleições municipais deste ano, marcadas para o dia 15 de novembro. As tropas serão mobilizadas para garantir a segurança dos processos de eleição e apuração dos votos. O número e a lotação desses militares ainda serão definidos pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI), pelo Ministério da Defesa e pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em 2018, mais de 28 mil militares das Forças Armadas foram convocados para atuar em 598 localidades nos dois turnos de votação. Em 2016, foram 25 mil militares, e em 2014, 30 mil.