21 de maio de 2024 04:39

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança

21 de maio de 2024 04:39

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança
Garoto com deficiência visual de Jandira entra em campo com o Palmeiras

Divulgação

Da redação     -
30 de abril de 2024

São Paulo e Palmeiras empataram por 0 a 0 na noite desta segunda-feira (29), no MorumBIS, pela quarta rodada do Brasileirão.

Antes do jogo crianças com algum tipo de deficiência visual entraram em campo com os jogadores palmeirenses. Dentre elas, o pequeno Raul, morador da rua Osasco, em Jandira.

A partida contou também com o abraço da paz. A outra cena marcante da noite ocorreu antes do apito inicial, ainda na chegada do Palmeiras ao estádio. Em um acordo alinhado entre as diretorias, Carlos Belmonte, diretor de futebol do São Paulo, recepcionou o técnico Abel Ferreira.

O cartola cumprimentou o treinador, o abraçou e trocou algumas palavras rapidamente se desculpando. No último clássico, o diretor havia dito “português de merd*” ao se referir a Abel em confusão com a arbitragem após a partida.