27 de maio de 2024 18:49

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 18:49

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Grande São Paulo apresenta indicadores da fase laranja

(Divulgação)

Mari Magdesian    -
26 de novembro de 2020

Na próxima segunda-feira (30), um dia após o 2º turno das eleições, o governo do estado divulgará a reclassificação oficial das cidades dentro do Plano SP de reabertura e retomada da economia durante a pandemia do novo coronavírus.

A região da Grande São Paulo, que desde terça-feira da semana passada (17) passou a apresentar indicadores da epidemia de Covid-19 compatíveis com a fase amarela do Plano SP, viu a situação piorar. Desde segunda (23), o indicador passou a ser compatível com a fase laranja. A piora foi puxada pelo aumento de internações em todas as seis sub-regiões da Região Metropolitana e também pelo registro de mais de 40 internações por 100 mil habitantes. O patamar, na segunda (23), foi de 45,16 novas internações para cada 100 mil habitantes. Nesta terça, ele subiu para 45,59, e o indicador ficou pelo segundo dia consecutivo na fase laranja. O cálculo dos indicadores do Plano SP foi feito pela produção da TV Globo, com base nos dados oficiais e seguindo as regras de cálculo atuais do plano.

O Plano São Paulo regulamenta os estágios da quarentena no estado. Na fase amarela, os comércios têm horário e capacidade máxima reduzida. Já a fase laranja é considerada de controle. Nela, a maior parte dos setores não podem permanecer abertos. A Grande São Paulo já está há 46 dias com regras de reabertura da fase Verde, uma das menos restritivas.

Patrícia Ellen, secretária estadual de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, disse que o motivo parcial da piora na situação foram aglomerações que não seguem as regras de distanciamento da quarentena. “Nós já sabemos que parte do problema que nós tivemos nas últimas duas semanas tem a ver exatamente com a baixa de guarda das pessoas. Nós vimos relatos de aglomerações, de festas clandestinas, de eventos desnecessários nesse momento”, disse. Outro fator apontado como causa são as campanhas eleitorais. Foram mais de 500 mil candidatos só no estado e houve muitos desrespeitos às regras sanitárias. (com site G1)