30 de maio de 2024 15:15

Morador denuncia cães abandonados em Carapicuíba
Homem é flagrado tentando furtar carro; veja vídeo
Asfalto cede e caminhão de lixo fica preso em buraco
Câmara flagra homem estourando cadeado de casa em Carapicuíba; veja vídeo
Inter entra na Arena Barueri com uniforme 'sujo de lama' e lança Marcas da Enchente
PM prende dois homens após disparos contra casa em Itapevi

30 de maio de 2024 15:15

Morador denuncia cães abandonados em Carapicuíba
Homem é flagrado tentando furtar carro; veja vídeo
Asfalto cede e caminhão de lixo fica preso em buraco
Câmara flagra homem estourando cadeado de casa em Carapicuíba; veja vídeo
Inter entra na Arena Barueri com uniforme 'sujo de lama' e lança Marcas da Enchente
PM prende dois homens após disparos contra casa em Itapevi
Homem é esfaqueado por pedir para usar banheiro de bar

Divulgação

Da redação     -
15 de fevereiro de 2024

Na madrugada da última quinta-feira (8), Vinicius Souza, de 25 anos, foi morto a facadas no Jardim Angélica, em Carapicuíba.

Ele tinha consumido bebida alcoólica numa adega e se retirou assim que pagou a conta. Na sequência, pediu para usar o banheiro do bar ao lado do estabelecimento.

Segundo o relato de testemunhas, o dono do bar não teria gostado do pedido de uso do banheiro, já que o homem tinha consumido em outro local. Por esse motivo, foi iniciada uma discussão, aproximadamente, às 3h30.

Câmeras de segurança do entorno, registraram a briga. As imagens mostram a vítima usando uma camisa clara, quando outro de roupa preta se aproxima e inicia a discussão. Pouco tempo depois, o homem pega uma faca e passa a desferir golpes contra Vinicius.

Depois, aparece uma terceira pessoa que nada faz para conter a briga. Os dois suspeitos desceram a rua após o crime e não foram vistos novamente. O agressor foi identificado como trabalhador do local e neto do dono do bar.

O corpo da vítima foi encontrado na calçada próxima ao estabelecimento, bastante ensanguentado. Ele deixou a mãe e a namorada, que estava grávida de seis meses.

Uma testemunha confirmou os nomes dos suspeitos. A prisão preventiva de ambos foi solicitada e o crime foi registrado como homicídio qualificado por motivo fútil.