22 de junho de 2024 00:50

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA

22 de junho de 2024 00:50

Incursão em favela resulta na apreensão de quase duas mil porções de drogas
"Operações nas divisas vão continuar", diz coronel Virgolino
Vôlei Osasco apresenta elenco da temporada 2024/2025
Em 4h, polícia e GCM vistoriam 196 pessoas, 71 motos e 25 carros na divisa de Osasco e Carapicuíba
Cotia prevê orçamento de R$ 1,7 bilhão para 2025
Em um mês região ganhará 1° "shopping aberto" semelhante aos da Europa e EUA
Inter entra na Arena Barueri com uniforme 'sujo de lama' e lança Marcas da Enchente

Fotos: Ricardo Duarte/Internacional

Da redação     -
29 de maio de 2024

O Internacional perdeu para o Belgrano-ARG, nesta terça-feira (28), em partida da sexta rodada da fase de grupos da Conmebol Sul-Americana. Disputado com mando de campo do Inter, o confronto aconteceu na Arena Barueri e terminou com o placar de 2 a 1 para a equipe argentina. Rafael Borré marcou o gol do Colorado, que voltará a campo às 18h30 do próximo sábado (1º), diante do Cuiabá, fora de casa.

Na Arena Barueri, entrou em campo com o uniforme todo embarrado, cheio de lama, para que o Brasil não esqueça a realidade do Rio Grande do Sul. Mais do que o manifesto de uma causa, a camisa representa um pedido de ajuda, pois a tragédia ambiental ainda não acabou.

Chamada de ‘Marcas da Enchente’, em breve, a camiseta estará assinada por todos os atletas e disponível em um leilão virtual, com 100% do lucro revertido para ajudar na reconstrução do nosso estado. Além disso, a campanha Jogando Junto continua, e você também pode doar pelo pix: doações@cufa.org.br.

*O jogo
O Inter não entrava em campo há exatos 30 dias, mas conseguiu superar a falta de ritmo para criar forte pressão em cima do Belgrano-ARG no começo de partida. Insinuantes pelo corredor esquerdo de ataque, Wesley e Valencia levavam vantagem para cima de Barinaga e aproximavam o Clube do Povo da área adversária. Ao mesmo tempo, os argentinos tratavam de impedir que essa superioridade alvirrubra resultasse em perigo direto ao goleiro Losada.

Aos 39 do primeiro tempo, Borré não deu chance para o goleiro. Após linda jogada de Wesley, que acelerou pela esquerda e até da falta escapou, o colombiano recebeu passe rasteiro e completou de primeira, também por baixo, para as redes. Logo depois do 1 a 0, Valencia anotou o segundo, mas o lance foi anulado por impedimento de Wesley na origem da jogada (que transcorrera de maneira bastante similar à do gol de Borré). Empolgado, o Inter parecia absoluto em campo, mas sofreu dois golpes duros antes do intervalo. Aos 44 e 47, Chavarría marcou duas vezes e virou o jogo para o Belgrano-ARG.

Se já atuara retraído no primeiro tempo, o Belgrano-ARG voltou ainda mais defensivo para a etapa final. Entre faltas e cartões, os argentinos tiraram a velocidade do jogo e dificultaram a vida do ataque colorado. Em busca de maior mobilidade e poder de criação, Coudet colocou Aránguiz e Gustavo Prado aos 22 minutos, substituindo Robert Renan e Mauricio. Pouco depois, Alan Patrick, em cobrança de falta, tirou tinta do poste visitante.

Na luta pelo empate, o comandante colorado também chamou Bruno Henrique e Alario para o jogo. O meio-campista entrou aos 34, na vaga de Bustos, enquanto o centroavante substituiu Fernando, a segundos dos acréscimos, e criou duas boas chances, mas ambas tomaram a linha de fundo como destino. A derrota desta terça mantem o Clube do Povo com cinco pontos na tabela, a três do Delfín-EQU, atual vice-líder do grupo C. O Inter, porém, ainda tem dois jogos por travar na competição continental, enquanto os equatorianos só voltarão a campo em mais uma ocasião.

O embate na Arena Pantanal integrará a sétima rodada do Brasileirão. Já pela CONMEBOL Sul-Americana, o Clube do Povo disputará dois jogos consecutivos na próxima semana. Primeiro, na terça-feira (04), a equipe de Eduardo Coudet visitará o Real Tomayapo-BOL, em Tarija. Quatro dias mais tarde, o sábado será de duelo com o Delfín-EQU, no Alfredo Jaconi.

 

Fotos: