18 de julho de 2024 10:54

Primeiro "ponto de ônibus digital" está em fase de teste em Osasco
Santana de Parnaíba inicia comemorações ao dia de Santa Ana
Água jorra a 5m de altura após rompimento de adutora
Motorista larga ônibus com passageiros na Raposo Tavares e vai para casa
Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C

18 de julho de 2024 10:54

Primeiro "ponto de ônibus digital" está em fase de teste em Osasco
Santana de Parnaíba inicia comemorações ao dia de Santa Ana
Água jorra a 5m de altura após rompimento de adutora
Motorista larga ônibus com passageiros na Raposo Tavares e vai para casa
Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C
Jogo da despedida

Foto Caio Henrique

Da redação     -
24 de setembro de 2021

Pela última rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, o Oeste Barueri vai até Curitiba-PR, onde enfrentará Paraná no estádio Durival Britto, neste sábado (25), às 15h. A partida terá transmissão do aplicativo DAZN. Ambas as equipes estão rebaixadas. No ano do seu centenário, o Oeste foi fundado em1921 na pequena Itápolis, o Rubrão conheceu o seu terceiro rebaixamento em 2 anos. Em 2020 ele caiu da Série A1 para a Série A2 no Campeonato Paulista e da Série B para a Série C no Brasileiro. Em 2021 até fez boa campanha no Estadual, chegando às semifinais; mas na competição Nacional tudo deu errado, com a queda do time da Série C para a Série D. Este é o quarto rebaixamento da equipe em 5 anos. A mudança de Itápolis para Barueri aconteceu em 2017. A alegação foi a questão estrutural e de logística.

No interior paulista, o time não teria condições de receber jogos da Série B do Brasileiro no estádio dos Amaros, com capacidade para apenas 6 mil pessoas. A solução foi se mudar para a Grande São Paulo e ocupar a vaga do Grêmio Barueri, que está licenciado, e jogar na Arena Barueri, estádio com capacidade para 30 mil pessoas. Mas a cidade nunca abraçou o time. Uma curiosidade chamou atenção do time nos últimos 2 anos. Em 2020, mesmo com o rebaixamento no Estadual e a má campanha no Brasileiro, o time trocou detécnico apenas na reta final da competição. Treinador na ocasião era Renan Freitas, filho de Cidão Freitas, diretor executivo do time. O atual treinador é o interino Sergio Alecsandro, o Lelé, irmão de Renan e filho de Cidão.