27 de maio de 2024 21:44

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 21:44

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Joice Hasselmann se filia ao Podemos de Renata Abreu

Divulgação

Da redação     -
19 de março de 2024

A ex-deputada federal Joice Hasselman assinou na segunda-feira (18) sua filiação ao Podemos. Um vídeo dela assinando sua ficha de filiação ao lado da deputada federal e presidente nacional do partido, Renata Abreu, foi publicado nas redes sociais de ambas.

“Eu disse que não voltaria, mas estou voltando e hoje assino a ficha de filiação ao Podemos com muito orgulho”, disse Joice no vídeo.

Ela disse que foi procurada por cinco partidos e escolheu o Podemos por ser um partido centrado e alinhado com seus ideais de centro-direita.

“Conversei com vários partidos que me procuraram, mas o que tem mais alinhamento com o que eu penso e compromisso com o combate à corrupção. É um partido que age sem extremismos, que é o que eu quero. Já passei por muita coisa e não quero repetir erros passados. Quero construir um novo futuro, então assino hoje a ficha de filiação”, completou.

Renata Abreu disse que receber a ex-deputada ao Podemos “é uma alegria”. “Ela é uma grande mulher. Uma mulher de coragem. Eu estava na Câmara [dos Deputados] quando ela foi líder do governo e tem que ter determinação. Seja muito bem vinda minha amiga Joice Hasselmann”, ressaltou a presidente do Podemos.

Apesar de se filiar ao Podemos em ano eleitoral, Joice não comentou as pretensões políticas para 2024. Mas há comentários de que ela deve disputar um cargo de vereadora em São Paulo nas eleições de outubro.

Ex-bolsonarista

Joice passou de líder do PSL na Câmara dos Deputados para oposição durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Ela foi eleita em 2018 pelo antigo PSL (a sigla se uniu com o Democratas no partido União Brasil) com 1.078.666 votos, tornando-se a mulher com a maior votação para o cargo na história do país e impulsionando Bolsonaro entre o público feminino.

No fim de 2019, rompeu com o ex-presidente após episódios de conflitos por poder e violência política de gênero.

Joice perdeu mais de 1 milhão de votos e não foi reeleita deputada federal; também perdeu a disputa para a Prefeitura de São Paulo em 2020.

Nas eleições de 2022, ela teve 13.679 votos. Na disputa municipal, ficou em sétimo lugar, com 98.342 votos.