29 de novembro de 2023 02:44

Prefeitura suspende rodízio de veículos na capital nesta terça
Vôlei Osasco vence e entra no G4 da Superliga
Bandidos furtam placas de carro em Carapicuíba
Papai Noel chega dia 1° em Parnaíba com Centro Histórico iluminado
Polícia aponta sabotagem em pane na linha 8 da ViaMobilidade durante greve em outubro
"Natal Seguro" começa nesta segunda no Calçadão de Osasco

29 de novembro de 2023 02:44

Prefeitura suspende rodízio de veículos na capital nesta terça
Vôlei Osasco vence e entra no G4 da Superliga
Bandidos furtam placas de carro em Carapicuíba
Papai Noel chega dia 1° em Parnaíba com Centro Histórico iluminado
Polícia aponta sabotagem em pane na linha 8 da ViaMobilidade durante greve em outubro
"Natal Seguro" começa nesta segunda no Calçadão de Osasco
Joycinha entra na mira e pode aparecer no Vôlei Osasco

Divulgação

Mari Magdesian    -
25 de outubro de 2021

Após o décimo-sexto título do Campeonato Paulista e às vésperas de estrear na Superliga Feminina 2021/2022 o Vôlei Osasco volta às suas atenções ao mercado e além de Chumba, oposta da Seleção do Quênia, o nome de Joycinha, também aparece no radar.
Segundo informações do Blog do Voloch, nos próximos dias o clube deve ser notificado oficialmente sobre a punição do oposta Tandara. No melhor cenário possível visto pelo clube, a jogadora seria suspensa por 6 meses e voltaria à tempo dos playoffs finais.
Por isso o nome de uma jogadora para a função volta a ganhar forças nos bastidores do clube. No Campeonato Paulista a função foi feita, e muito bem por sinal, por Tifanny, um dos destaques da conquista do título.
A experiente Joycinha pode ser este nome, e um dos trunfos é a amizade dela com a central Fabiana. Segundo o jornalista Bruno Voloch ela já foi sondada pela comissão técnica de Osasco, que tem uma boa relação com a sua empresária. A proposta e a decisão final só dependem dela.
Joycinha não atuou na temporada passada. Aos 37 anos, jogou na Polônia em 2019/20 e o Fluminense foi o último time no Brasil. Ela tem passagens pelo vôlei da Coreia, Rússia e Turquia. Com a Seleção Brasileira foi medalha de prata no Mundial do Japão de 2010 e conquistou o ouro no Gran Prix, de Tóquio, em 2009.