20 de abril de 2024 08:24

Marcos Neves anuncia José Roberto como pré-candidato a prefeito em Carapicuíba
Renata Abreu lança abaixo-assinado para SUS Animal
Laércio Mendonça diz que só deixa cadeira do PSD por “decisão da lei”
Vereadores criticam comissionados da Prefeitura por dificultar processos
“Parece que somos 21 pamonhas aqui dentro”, diz Santa Maria
"Cada ano de trabalho da gente é considerado dois do povo aí fora”, diz vereador

20 de abril de 2024 08:24

Marcos Neves anuncia José Roberto como pré-candidato a prefeito em Carapicuíba
Renata Abreu lança abaixo-assinado para SUS Animal
Laércio Mendonça diz que só deixa cadeira do PSD por “decisão da lei”
Vereadores criticam comissionados da Prefeitura por dificultar processos
“Parece que somos 21 pamonhas aqui dentro”, diz Santa Maria
"Cada ano de trabalho da gente é considerado dois do povo aí fora”, diz vereador
Justiça apreende, de novo, material de campanha de Barufi

(Foto Luciano Benazzi)

Mari Magdesian    -
09 de novembro de 2020

O atual prefeito de Jandira e candidato à reeleição pelo PTB, Paulo Barufi, teve novamente parte de seu material de campanha apreendido pela Justiça Eleitoral. De acordo com sentença será aplicada pena de R$ 10 mil por descumprimento da determinação judicial. Essa foi a segunda vez, em um mês, que Barufi sofre sanções. Na primeira, o juiz acatou pedido do adversário de Barufi, o ex-vereador Henri Sato (PSDB), e pediu que fossem recolhidas as “placas palito” distribuídas em estabelecimentos comerciais, proibidas pela legislação eleitoral. Na segunda vez, Barufi foi punido, no dia 2 de novembro, sob acusação de contratar empresa de banners e adesivos que também presta serviços para a prefeitura de Jandira. Quem apresentou a denúnica foi o candidato a vereador conhecido como Maradona (Solidariedade).