19 de julho de 2024 23:53

Bandido assalta mesma farmácia pela segunda vez
Gari que se veste de "bailarina" vai disputar para vereador em Itapevi
Shopping Central Park abre as portas às 12h do dia 25
Tarcísio vai gastar R$ 7,2 milhões com policiais em apenas 100 escolas cívico-militares
PM prende funcionária de lava-rápido condenada por homicídio até 2040
Terremoto no Chile causa tremor em 5 prédios de Cajamar

19 de julho de 2024 23:53

Bandido assalta mesma farmácia pela segunda vez
Gari que se veste de "bailarina" vai disputar para vereador em Itapevi
Shopping Central Park abre as portas às 12h do dia 25
Tarcísio vai gastar R$ 7,2 milhões com policiais em apenas 100 escolas cívico-militares
PM prende funcionária de lava-rápido condenada por homicídio até 2040
Terremoto no Chile causa tremor em 5 prédios de Cajamar
Kisy troca Vôlei Barueri pelo Minas
Da redação     -
20 de maio de 2021

O Minas anunciou, nesta quarta-feira, o primeiro reforço para a temporada 2021/2022: a oposto Kisy, ex-São Paulo/Barueri, de 21 anos. Ela chega para ocupar a vaga de Camila Mesquita. Kisy é natural de São Paulo. Iniciou a carreira no São Caetano, onde permaneceu de 2013 até 2019. Na temporada 2020/21, se transferiu para o São Paulo/Barueri e defendeu a equipe do técnico da Seleção Brasileira José Roberto Guimarães. 

Além dos dois clubes, Kisy foi o destaque da seleção Sub-20 no Campeonato Mundial da categoria, em 2019, sendo a quarta maior pontuadora do torneio, com 133 pontos (101 de ataque, 25 de bloqueio e 7 de saque), e a quarta melhor atacante da competição, com 47,64% de aproveitamento no fundamento. Além disso, a nova oposto do Itambé/Minas foi a terceira melhor bloqueadora do Mundial.

Além de Kisy também deixam o time de Barueri, a ponteira Maira e a líbero Nyeme que iram para o Sesi Bauru; e a levantadora Kenia que trocará o clube pela vizinha Osasco. Em compensação estão chegando as jogadoras Paulina, Vivian e Laís.