27 de maio de 2024 21:47

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 21:47

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Lins cede atual prédio da Unifesp para Lula instalar Instituto Federal

Divulgação

Da redação     -
29 de abril de 2024

Carapicuíba, Cotia e Osasco foram escolhidas pelo Governo Federal para receberem a instalação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs). Anúncio foi feito pelo presidente Lula no dia 12 de março e contempla 100 municípios do País.

Em Osasco, o Instituto Federal será instalado na atual sede da Unifesp (Universidade Federal) no Jardim das Flores. O prédio acomoda a Unifesp de forma provisória já que o campus definitivo está em construção no bairro do Km 18 e será inaugurado no 2° semestre deste ano.

O anúncio da localização do Instituto Federal em Osasco foi feito, nesta segunda-feira (29), pelo prefeito Rogério Lins.

O atual prédio da Unifesp já foi cotado para ser um AME (Atendimento Médico Especializado), programa do governo do Estado e até um hospital dia. Como o governador Tarcísio de Freitas não confirmou a vinda de AME para Osasco, a cidade ofereceu o prédio à equipe do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O Instituto Federal

Conforme o Governo Federal, a iniciativa vai gerar 140 mil novas vagas no Brasil, a maioria em cursos técnicos integrados ao ensino médio.

A verba será viabilizada por meio do Novo PAC (Programa de Aceleração ao Crescimento). Serão investidos R$ 3,9 bilhões em obras. Desse total, R$ 2,5 bilhões são para criar novos campi e R$ 1,4 bilhão para consolidar unidades já existentes, com a construção de refeitórios, ginásios, bibliotecas, salas de aula e aquisição de equipamentos.

Ao todo, 12 cidades do Estado de São Paulo foram contempladas. Além de Osasco, Cotia e Carapicuíba, também receberão Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia os municípios de Diadema, Franco da Rocha, Mauá, Ribeirão Preto, Santos, São Paulo (um no Jardim Ângela e e outro na Cidade Tiradentes), São Vicente e Sumaré.

Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) oferecem cursos gratuitos de qualificação profissional, técnicos e de graduação e pós-graduação.