17 de abril de 2024 00:50

Presidente da Federação Mineira diz que "casa" do vôlei Osasco é “ambiente inóspito”
Tarcísio anuncia nesta quarta ampliação de leitos no Regional de Osasco
Frente fria chega na quinta com chuva e mínima de 12°C
Pavimentação asfáltica da Transversal Norte é entregue
Sete são trancados em banheiro durante assalto a salão de beleza
Professor usa golpe de jiu-jitsu para conter aluno em escola de Itapevi

17 de abril de 2024 00:50

Presidente da Federação Mineira diz que "casa" do vôlei Osasco é “ambiente inóspito”
Tarcísio anuncia nesta quarta ampliação de leitos no Regional de Osasco
Frente fria chega na quinta com chuva e mínima de 12°C
Pavimentação asfáltica da Transversal Norte é entregue
Sete são trancados em banheiro durante assalto a salão de beleza
Professor usa golpe de jiu-jitsu para conter aluno em escola de Itapevi
Lins dá nota 6.5 para seu governo e diz que ainda precisa deixar Osasco como ela merece

foto: Caio Henrique

dev    -
15 de novembro de 2020

Prefeito de Osasco dá nota 6.5 para o seu governo. “Gosto do número 65. Não é uma nota excelente, é regular, ela dá para passar de ano”, brincou completando que ainda não fez tudo o que ainda precisa ser feito na cidade. “Não consegui deixar ainda Osasco como eu queria e como ela merece ser”.

Ele ainda falou que fez um mandato ousado com muitas entregas e ultrapassando metas, mas o objetivo para a próxima gestão é humanizar os serviços na área da saúde e educação. Sobre a pandemia causada pelo novo coronavírus, ele disse que precisou escolher entre obras ou vidas.

“Eu tinha que escolher entre obras e votos ou vidas, e escolhi ficar com a vida das pessoas. Tínhamos uma projeção de até o final e agostos estarmos com 10 mil óbitos por Covid-19 em Osasco”, comentou ressaltando o trabalho realizado para atender os pacientes com coronavírus e ações tomadas para evitar a propagação do vírus.