27 de maio de 2024 21:52

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 21:52

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Momento em que pai passa perfume após ser flagrado estuprando a filha de 8 anos

Divulgação

Da redação     -
03 de maio de 2024

Momento em que pai passa perfume após ser flagrado estuprando a filha de 8 anos

O crime chocou a vizinhança no Jardim Santa Mônica, em Barueri, nesta sexta-feira (3). Márlison Oliveira Santos, de 30 anos, foi pego na cama, sem roupa e com o órgão sexual ereto.

O vídeo de Márlison nu e, na sequência se perfumando, foi encaminhado à Delegacia e ao Ministério Público. Primeiro ele é flagrado, levanta-se da cama, coloca roupa e passa perfume. Antes de deixar o quarto, ameaça matar a.enteada se ela filmar seu rosto. Foi a enteada que flagrou a cena.

A garotinha, de apenas 8 anos, estava morando com o pai desde o começo do.ano. A mãe dela é de Pernambuco e a menininha veio para Barueri para estudar.

O flagrante foi feito pela enteada de Márlison. Os vizinhos ao perceberem o que estava acontecendo ajudaram ela a impedir que ele fugisse. Enquanto aguardavam a chegada da viatura da PM, Márlison foi agredido por populares.

Na delegacia, assumiu a violência sexual praticada contra a filha e disse que “precisa pagar pelo que fez”.

Márlison vive com a mãe de sua enteada. Ele teve a prisão em flagrante decretada e o delegado iria pedir a preventiva. O criminoso foi indiciado por estupro de vulnerável.

A vítima foi levada ao hospital Pérola Byington, em São Paulo, para exame sexológico e corpo delito, além de se encaminhada a ajuda psicológica. O depoimento da menina será posterior por meio de escuta especializada.