21 de maio de 2024 03:56

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança

21 de maio de 2024 03:56

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança
Morte de guarda municipal é "pedido de socorro" do Vitápolis

Divulgação

Da redação     -
13 de maio de 2024

Nas redes sociais, moradores do Jardim Vitápolis, em Itapevi, alertam para a crescente onda de violência no bairro nos últimos meses.

Na madrugada de domingo, o guarda municipal Erick Garcia Marinho Teixeira, de 40 anos, mais conhecido como Marinho, morreu após perder o controle da moto e chocar-se violentamente contra uma lixeira e uma mureta durante perseguição na rua Gaivota. O capacete que ele usava partiu ao meio e Marinho morreu no local.

O GCM perseguia um ladrão de moto no momento do acidente. Moradores afirmam que a tragédia foi um “grito de socorro do Vitápolis” para o aumento da violência no bairro.

Marinho completaria 41 anos no próximo dia 24, era casado e deixa três filhos. Ele pilotava uma moto Honda CB 500 X junto com outros dois integrantes da equipe ROM (Rondas Ostensivas em Motocicletas) fazendo patrulhamento pelo bairro quando suspeitaram de uma Honda XRE verde sem placa. O piloto tentou fugir e os guardas iniciaram a perseguição.