21 de maio de 2024 04:12

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança

21 de maio de 2024 04:12

Sindicato pede que Estado fiscalize aumento abusivo de arroz, feijão, leite e óleo
Santana de Parnaíba terá Batalha dos Assadores pela primeira vez
Usuária de droga agride "amigo do crack" com marreta
Bandido condenado a 6 anos é preso em calçada no Portal D'Oeste
Jovem é confundido com bandido durante brincadeira de "polícia e ladrão"
Motoqueiros armados rendem vítimas para roubar aliança
Nova estação Ambuitá de Itapevi já aparece em placa na Barra Funda

Divulgação

Da redação     -
09 de abril de 2024

Na sexta-feira (5), começaram as obras da nova estação Ambuitá, da Linha 8-Diamante, que serão viabilizadas por meio da Prefeitura de Itapevi e representantes da concessionária ViaMobilidade.

A nova estação já aparece em placa de identificação da com o percurso das estações que está exposta na estação Barra Funda.

Imagem foi divulgada pelo prefeito de Itapevi, Igor Soares, em suas redes sociais. “Recebi, há pouco, de um morador de Itapevi a imagem de uma placa na estação Barra Funda. Para alguns é apenas uma sinalização de que a estação Ambuitá está em construção, para mim é resultado de uma luta de pelo menos uma década”, escreveu na postagem.

A obra vai receber investimento de R$ 23 milhões e empregará 100 funcionários. A expectativa é de que os serviços sejam concluídos no primeiro trimestre de 2025.

A nova unidade será levantada exatamente onde ficava a antiga estação, na rua doutor José Alexandre Crosgnac, 110. O começo dos serviços faz parte das 65 ações para comemorar o aniversário da cidade.

A estação foi desativada e demolida em 2010, após um projeto de modernização da linha, realizado na ocasião pelo governo do Estado.

A medida desagradou os moradores do bairro, que há anos reivindicavam a volta da estação. Diante dessa situação, a Prefeitura pleiteou o novo acesso.

“Essa estação significa o desenvolvimento da região economicamente. Esta construção é fundamental para o futuro de Itapevi, afinal esta região tem todo o potencial de crescimento e trazer melhores condições de acesso é fundamental”, comemorou o prefeito.

Saiba como ficará a nova estação Ambuitá

A nova estação contará com um edifício de acesso dos passageiros com duas plataformas onde os usuários farão o embarque nas composições. Cada uma delas terá 120 metros de extensão e 3,50 metros de largura.

O prédio terá dois pavimentos e atenderá às normas de acessibilidade. Também será disponibilizado um estacionamento para bicicletas junto à entrada para incentivar a mobilidade no município.

No térreo, haverá um saguão de entrada, as bilheterias, a linha de bloqueios (catracas) e sanitários, enquanto no andar superior, funcionará a área administrativa da estação.

Sobre a antiga parada

A estação de Ambuitá foi inaugurada em setembro de 1949 pela Estrada de Ferro Sorocabana, inicialmente com o nome de “Parada Iracema”. Somente 35 anos depois (junho de 1985), recebeu novas instalações dentro da modernização do sistema pela antiga Fepasa – estatal que até então operava a linha. A desativação e demolição ocorreram em 2010 ainda quando era gerenciada pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

Melhorias na Linha-8

A reconstrução faz parte do pacote executado pela concessionária previsto após vencer a concorrência para assumir a Linha 8-Diamante, em 20 de abril de 2021.

Além de construir a nova estação, o consórcio já realizou o alargamento da passagem sob a linha férrea de Ambuitá (entregue no fim de outubro) e promoveu amplas reformas nas de Amador Bueno, Santa Rita, Itapevi e Engenheiro Cardoso.

Ainda dentro do pacote, a concessionária deve concluir até o fim deste ano a nova passarela próxima à estação de trem Amador Bueno, para garantir a segurança dos pedestres naquela região e interligar a Rua Ezequiel Antônio de Oliveira, altura do nº 700, às estradas Sabiá e do Prado.

Em setembro passado, a parceria entre a Prefeitura e a ViaMobilidade iniciou o asfaltamento de 512 metros de extensão da Estrada do Prado (Jardim Santo Antônio) e a implantação de duas faixas de rolamento de 3 metros de largura cada e calçada de 1,5 metro de largura.

O pacote de melhorias prevê ainda a construção de um viaduto ao lado da estação Santa Rita e as implantações das passarelas do Jardim Portela, do Jardim Santa Rita e do Jardim Sorocaba.