3 de março de 2024 22:13

Você viu isso? Motoristas saem na porrada na marginal da Raposo
Pré-candidata da extrema-direita diz que constrói base conservadora forte em Osasco
Você viu isso? Homem com facão agride duas pessoas no Calçadão de Osasco
PT realiza plenária para definir plano de governo de Emidio de Souza
Homem perde controle, estoura vidro de cartório e fere funcionária de forma grave
Reforma da rodoviária de Osasco deve começar em 70 dias

3 de março de 2024 22:13

Você viu isso? Motoristas saem na porrada na marginal da Raposo
Pré-candidata da extrema-direita diz que constrói base conservadora forte em Osasco
Você viu isso? Homem com facão agride duas pessoas no Calçadão de Osasco
PT realiza plenária para definir plano de governo de Emidio de Souza
Homem perde controle, estoura vidro de cartório e fere funcionária de forma grave
Reforma da rodoviária de Osasco deve começar em 70 dias
"Operação Carnaval vai ser pesada só para quem não obedece a lei", diz Lins

Divulgação

Maranhão Gomes     -
07 de fevereiro de 2024

Em entrevista ao Diário da Região, Rogério Lins, prefeito de Osasco, disse que a “Operação Carnaval vai ser pesada só para quem não obedece a lei”.

Lins participou de reunião no 14° Batalhão da PM, ontem, para traçar o combate à criminalidade e abusos durante o Carnaval na cidade.

Operação “Força Conjunta” será realizada, nos quatro dias de festas, pela Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal, Demutran e departamento de fiscalização a bares irregulares da prefeitura.

O comandante do 14° Batalhão da PM, tenente-coronel Keida, já avisou que a operação terá “tolerância zero” para pancadões, bailes funks e motoristas bêbados ao voltante.

O prefeito orientou uso de carros de aplicativo, ou transporte coletivo, aos foliões que desejam exagerar no consumo de bebida alcoólica e dirigir. Blitz em todo o município vai fiscalizar o trânsito.

O prefeito Rogério Lins participou da reunião junto com seu secretário da Segurança Pública, coronel PM Virgolino e o comandante da Guarda Municipal, Erivan Gomes. O delegado seccional Flamínio Martins representou a Polícia Civil.

O Demutran ficará responsável pela fiscalização do trânsito e fiscais da prefeitura da autuação de comércios ilegais. Drones e a Central de Monitoramento vão auxiliar toda a operação.