5 de março de 2024 01:02

Receita corrente líquida de Osasco cresce 3% em 2023
Vereador sugere que Prefeitura crie dicionário de ruas de Osasco
Joel Nunes pede proibição de caminhões e ônibus em rua do Km18
Marcos Neves vai anunciar em abril seu candidato a prefeito
"Governo Lula repassou R$ 17 milhões a Carapicuíba em janeiro", diz ministro
Após ameaçar ex-esposa, assassino pula de altura de 4 metros e quebra o pé

5 de março de 2024 01:02

Receita corrente líquida de Osasco cresce 3% em 2023
Vereador sugere que Prefeitura crie dicionário de ruas de Osasco
Joel Nunes pede proibição de caminhões e ônibus em rua do Km18
Marcos Neves vai anunciar em abril seu candidato a prefeito
"Governo Lula repassou R$ 17 milhões a Carapicuíba em janeiro", diz ministro
Após ameaçar ex-esposa, assassino pula de altura de 4 metros e quebra o pé
Parnaíba atinge todas as metas do IDEB

Município conseguiu pontuação de 6.4 no Ensino Fundamental 1, 5.5 no Ensino Fundamental II e 4.4 no Ensino Médio

Mari Magdesian    -
16 de setembro de 2020

De acordo com o último resultado do IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, órgão ligado ao governo estadual que mede a qualidade da educação na rede pública, Santana de Parnaíba foi a única da região Oeste que alcançou (e superou em alguns níveis de ensino) as metas estipuladas pelo índice em 2019.

De acordo com o IDEB, no Ensino Fundamental I (4ª série/5º ano) a cidade subiu 0.2 pontos da meta, ficando com 6.4. Já no Ensino Fundamental II (8ª serie/ 9º ano) esse aumento foi de 0.1 ponto acima da meta (5.5). No Ensino Médio o município atingiu a meta estipulada pelo órgão regulador, que foi de 4.4 pontos.

Dentre os colégios da rede pública, 11 ultrapassaram a meta estipulada pelo IDEB no Ensino Fundamental 1, com destaque para o Leda Caira e Abelardo Marques (Fazendinha), Ana Aparecida Santana (Cidade São Pedro) e Padre Anacleto(Colinas da Anhanguera), no Fundamental II foram 17 colégios com nota acima da estipulada, onde a escola Juscelino Kubitschek(Cidade São Pedro) teve a maior pontuação, com 6.4, seguido pelo Leda Caira, com 6.2.

E no Ensino Médio foram 6 com destaque para o Colégio Manoel Jacob (Ingaí), com 5.4 e Aurélio Gianini (Cururuquara), com 5.3. Avaliação vai de zero a dez e meta considerada boa é nota 6,0. Segundo a prefeitura, esses resultados positivos são reflexos dos investimentos na educação, que em 7 anos inaugurou 17 colégios, ampliou 15 unidades educacionais, implantou cursos de robótica e 5 pólos da Escola de Línguas, Plataforma de Idiomas, com mais de 18 mil inscritos que aprendem pela internet um novo idioma, além dos cursos Conect e Mind Lab, além de promover a entrega de uniformes, materiais didáticos e escolares, mais de 64 mil refeições diárias aos mais de 32 mil alunos que fazem parte da rede municipal de ensino. A cidade também conta com quatro escolas de Ensino Superior (Fatec, Unip, Univesp e Fasp), além de duas escolas Técnicas nos bairros Centro (Etec Ermelinda) e Fazendinha (Etec Bartolomeu).