13 de abril de 2024 20:27

Osasco faz Dia D contra gripe neste sábado, dia 13
Pistas do rodoanel serão interditadas para obras em passarela
Mutirão do emprego com 1 mil vagas acontece dia 18 em Carapicuíba
Vereador propõe energia solar e carregadores em pontos de ônibus de Jandira
Ex-vereador De Paula vai tentar voltar para Câmara de Osasco
Madero vai abrir unidade no Shopping Granja Vianna

13 de abril de 2024 20:27

Osasco faz Dia D contra gripe neste sábado, dia 13
Pistas do rodoanel serão interditadas para obras em passarela
Mutirão do emprego com 1 mil vagas acontece dia 18 em Carapicuíba
Vereador propõe energia solar e carregadores em pontos de ônibus de Jandira
Ex-vereador De Paula vai tentar voltar para Câmara de Osasco
Madero vai abrir unidade no Shopping Granja Vianna
PMs salvam bebê de apenas 15 dias que se engasgou com leite e parou de respirar

(Divulgação)

Mari Magdesian    -
16 de setembro de 2020

Por volta das 20h30 desta terça-feira (15), os policiais Sargento PM Gildo, com apoio dos Soldados Jaime e Romano, salvaram a vida da menina Ayla, apenas 15 dias, que havia se engasgado com leite materno. A ação foi realizada no bairro Jd. D’Abril, na cidade de Osasco.

A equipe, que pertence ao 14º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M), abastecia a viatura em um posto de combustível, na Av. prefeito Hirant Sanazar, quando foi surpreendida pela família. A mãe, com a criança nos braços já desfalecida e arroxeada, correu em direção a eles pedindo por socorro e informando o que havia acontecido com a pequena.

“Minha reação instantânea foi tomar a menina em minhas mãos e iniciar os procedimentos de desengasgo ensinados em nossos treinamentos. Ao me deparar com aquela situação eu tive certeza de que poderia ajudar a criança, então fiz tudo com cautela e a tranquilidade de que daria certo”, relembra o Srt Gildo.

Com a aplicação da manobra de Heimlich a pequena Ayla expeliu a secreção e voltou a respirar, recuperando os sentidos e trazendo tranquilidade aos pais. Ela foi encaminhada à unidade do Pronto Socorro, onde recebeu atendimento médico necessário e permaneceu em observação.

“Um momento que me marcou e deixou emocionado foi o quando a mãe nos disse: Salva minha filha, traz ela de volta para nós. Eles estavam tão desesperados, mas com confiança em Deus e nos conhecimentos adquiridos, eu sabia que poderia devolver a alegria para eles. Acredito que esse momento ficará marcado para os pais, que com certeza terão muita gratidão pela Polícia Militar”, conclui o Sargento.