27 de maio de 2024 22:11

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 22:11

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Polícia apreende 4,7 mil porções de drogas que "abasteceriam" Osasco

Divulgação

Da redação     -
02 de maio de 2024

Uma mulher foi presa em flagrante nesta quinta-feira (2) após a apreensão de uma grande quantidade de drogas em sua casa, no bairro Campanário, em Diadema. A ação foi realizada por policiais da DISE da Seccional Osasco.

No total foram apreendidas 2654 porções de cocaína, 988 de maconha, 390 de skunk, 200 de flor de THC e 426 porções de haxixe. Além das drogas, também foram apreendidos um veículo Fiat Uno, três telefones celulares e anotações de contabilidade.

A operação foi deflagrada após uma denúncia anônima que informava sobre o tráfico de drogas em uma residência na Rua Uirapuru, 103, em Diadema. Ao chegarem no local, os policiais avistaram um indivíduo saindo da casa e guardando uma sacola preta dentro de um carro. Ao perceber a presença da polícia, o homem fugiu, mas a sacola foi apreendida e continha parte da droga.

Com a autorização do morador da casa, os policiais entraram na residência e, com a ajuda de um cão farejador, localizaram o restante das drogas escondidas em um armário. A companheira do homem que fugiu, Julia Cristina Minini Certain, também estava na casa e foi presa em flagrante.

Em depoimento, Julia confessou que tinha conhecimento do tráfico de drogas e que o dinheiro da venda era usado para despesas da casa e lazer. Ela foi encaminhada para a Delegacia de Polícia, juntamente com as drogas e os objetos apreendidos.