3 de março de 2024 22:59

Você viu isso? Motoristas saem na porrada na marginal da Raposo
Pré-candidata da extrema-direita diz que constrói base conservadora forte em Osasco
Você viu isso? Homem com facão agride duas pessoas no Calçadão de Osasco
PT realiza plenária para definir plano de governo de Emidio de Souza
Homem perde controle, estoura vidro de cartório e fere funcionária de forma grave
Reforma da rodoviária de Osasco deve começar em 70 dias

3 de março de 2024 22:59

Você viu isso? Motoristas saem na porrada na marginal da Raposo
Pré-candidata da extrema-direita diz que constrói base conservadora forte em Osasco
Você viu isso? Homem com facão agride duas pessoas no Calçadão de Osasco
PT realiza plenária para definir plano de governo de Emidio de Souza
Homem perde controle, estoura vidro de cartório e fere funcionária de forma grave
Reforma da rodoviária de Osasco deve começar em 70 dias
Polícia Civil liberta executivo de cativeiro em Osasco

Divulgação

Maranhão Gomes     -
08 de dezembro de 2023

Um alto executivo sequestrado na Vila Madalena, em São Paulo, foi libertado do cativeiro no Jardim Helena Maria, em Osasco, nesta quinta-feira (7), por policiais civis do Setor de Investigações Gerais da Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), de Osasco.

Segundo o delegado titular, Igor Guedes, que comandou o resgate, o homem de 45 anos foi abordado por apenas um integrante da quadrilha na Capital e obrigado a entrar em um carro de aplicativo.

Na sequência, ele foi levado a uma mata linear à rodovia Castelo Branco, ao lado da favela do Flamenguinho, onde mais três sequestradores o mantiveram por três horas.

Como a gangue não conseguiu sacar dinheiro de sua conta bancária, devido ao horário, os marginais optaram em levar a vítima a um cativeiro no Jardim Helena Maria, na Zona Norte de Osasco.

No local, o homem foi mantido com os pés amarrados e sob tortura psicológica, inclusive com ameaça de morte. Eles estavam em quatro, sendo dois menores de 18 anos.

No dia seguinte, com cartões corporativos do executivo, a quadrilha fez um empréstimo bancário de R$ 8 mil, saques em dinheiro e compras de roupas e tênis de marca nos shoppings de Osasco. O prejuízo totalizou mais de R$ 40 mil em transações de débito e crédito.

Há suspeita de que funcionários da empresa, onde o executivo trabalha, estejam envolvidos.

Com base em denúncia anônima, a Polícia Civil chegou até um imóvel no Jardim Aliança, na Zona Norte de Osasco, onde prendeu três envolvidos e os fez confessar o endereço do cativeiro. Nesta casa no Aliança encontraram os cartões da vítima, o celular e um relógio digital.

Os três detidos, dois maiores de idade e um menor apreendido, passaram o endereço do cativeiro, onde outro menor de idade foi apreendido e o executivo libertado. Um rapaz de 17 anos era o líder da quadrilha e também o mais violento deles.

A Polícia Civil irá aprofundar as investigações para tentar descobrir outros sequestros e crimes praticados pela quadrilha, já que apenas um deles não tem passagem. Todos eles residem na favela do Flamenguinho e foram autuados por roubo qualificado, extorsão qualificada e associação criminosa.