27 de maio de 2024 21:25

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 21:25

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Polícia irá investigar de "casa bomba" não servia também de "cativeiro"

Divulgação

Maranhão Gomes     -
26 de março de 2024

Policiais Militares do 33° Batalhão estouraram, na madrugada de sábado (23), uma “casa bomba” que funcionava na rua Maria José Ferreira, 118, Vila Helena, em Carapicuíba.

Equipe da Força Tática da Polícia Militar chegou ao endereço por meio de denúncia anônima. Ao perceber que o imóvel foi cercado pela PM, dois homens conseguiram fugir pulando muros das casas vizinhas.

Foram apreendidos na casa, que fica nos fundos dos terreno, 49 munições de fuzil calibre 7,62 de uso restrito das Forças Armadas, além de 65 munições para pistola calibre 380.

Na mesa foram encontrados pacotes com 1325 porções de maconha; 2612 porções de cocaina; 1322 pedras de crack, além de um colete balístico sem identificação, 5 balanças de precisão marca ( b-max) e um caderno contabilidade do tráfico.

A apreensão de duas marretas e uma toca ninja de cor preta levantou a hipótese do local ser usado também como cativeiro para vítimas de sequestro.

Um RG em nome de Igor Costa de Souza estava guardado em uma das gavetas do armário. As investigações devem apurar se é de alguma vítima, ou traficante.