21 de junho de 2024 17:06

150 policiais e 80 viaturas já estão na divisa de Osasco com Carapicuíba
Última semana do Arraiá de Barueri tem axé, pagode, forró e sertanejo
Prefeito inaugura 4ª Cia da Polícia Militar na Vila Ayrosa
Cena forte! Homem executado com 8 tiros foi baleado com a moto em movimento
Capriotti pede que Hospital Veterinário funcione aos sábados, domingos e feriados
Vereador Bispo Nunes pede escolas cívico-militares em Osasco

21 de junho de 2024 17:06

150 policiais e 80 viaturas já estão na divisa de Osasco com Carapicuíba
Última semana do Arraiá de Barueri tem axé, pagode, forró e sertanejo
Prefeito inaugura 4ª Cia da Polícia Militar na Vila Ayrosa
Cena forte! Homem executado com 8 tiros foi baleado com a moto em movimento
Capriotti pede que Hospital Veterinário funcione aos sábados, domingos e feriados
Vereador Bispo Nunes pede escolas cívico-militares em Osasco
Polícia prende homem que matou mulher e enterrou no quintal de cabeça para baixo

Divulgação

Maranhão Gomes     -
18 de janeiro de 2024

Investigadores do 2° DP de Alphaville, sob comando do delegado Ednelson de Jesus Martins, com ajuda da Polícia Civil da Bahia, descobriram o paradeiro de um homem procurado por homicídio qualificado com requintes de crueldades cometido em Barueri em 2020.

O criminoso foi detido em uma fazenda na cidade de Luiz Eduardo Magalhães onde trabalhava na plantação de soja.

Em 2020, após a eleição para prefeito, ele chamou a mulher para ir à sua casa, no Parque Imperial, em Barueri, comemorar a vitória de Rubens Furlan.

Ambos seguiram para a residência dele em uma bicicleta. No local, a mulher foi asfixiada e enterrada no quintal do imóvel. Ele fugiu.

O trabalho de investigação começou e como o assassino tinha familiares na Bahia, a Polícia Civil do estado ajudou a equipe do 2° DP de Alphaville na prisão do criminoso.

Na delegacia de Barueri, após transferência, ele confessou o crime. Imagens das câmeras de segurança de Barueri com auxílio do Banco de Dados da polícia na Bahia, os investigadores chegaram à fazenda onde ele trabalhava.

Segundo o delegado Ednelson Martins, o homem foi indiciado por homicídio qualificado, agravado por requintes de crueldades, e deverá ir a julgamento pelo Tribunal de Júri.