29 de fevereiro de 2024 18:05

Juiz solta ladrão que apanhou da vítima após tentativa de roubo de moto no km 39
Osasco registra mais de 305 mil faltosos em consultas médicas
Alunos de Osasco lançam livro para despertar interesse de jovens a empreender
Prefeitura de Osasco entrega reforma do CREAS Sul
Parque Chico Mendes terá aula aberta sobre crise climática
Em Brasília Camila Godoi busca recursos para saúde de Itapevi

29 de fevereiro de 2024 18:05

Juiz solta ladrão que apanhou da vítima após tentativa de roubo de moto no km 39
Osasco registra mais de 305 mil faltosos em consultas médicas
Alunos de Osasco lançam livro para despertar interesse de jovens a empreender
Prefeitura de Osasco entrega reforma do CREAS Sul
Parque Chico Mendes terá aula aberta sobre crise climática
Em Brasília Camila Godoi busca recursos para saúde de Itapevi
Polícia prende homem que matou mulher e enterrou no quintal de cabeça para baixo

Divulgação

Maranhão Gomes     -
18 de janeiro de 2024

Investigadores do 2° DP de Alphaville, sob comando do delegado Ednelson de Jesus Martins, com ajuda da Polícia Civil da Bahia, descobriram o paradeiro de um homem procurado por homicídio qualificado com requintes de crueldades cometido em Barueri em 2020.

O criminoso foi detido em uma fazenda na cidade de Luiz Eduardo Magalhães onde trabalhava na plantação de soja.

Em 2020, após a eleição para prefeito, ele chamou a mulher para ir à sua casa, no Parque Imperial, em Barueri, comemorar a vitória de Rubens Furlan.

Ambos seguiram para a residência dele em uma bicicleta. No local, a mulher foi asfixiada e enterrada no quintal do imóvel. Ele fugiu.

O trabalho de investigação começou e como o assassino tinha familiares na Bahia, a Polícia Civil do estado ajudou a equipe do 2° DP de Alphaville na prisão do criminoso.

Na delegacia de Barueri, após transferência, ele confessou o crime. Imagens das câmeras de segurança de Barueri com auxílio do Banco de Dados da polícia na Bahia, os investigadores chegaram à fazenda onde ele trabalhava.

Segundo o delegado Ednelson Martins, o homem foi indiciado por homicídio qualificado, agravado por requintes de crueldades, e deverá ir a julgamento pelo Tribunal de Júri.