19 de maio de 2024 21:50

"Nada vai impedir que a gente conquiste essa vitória", diz Márcio França sobre Camila Godoi
Motoboy xingou atendente de "vaca", diz Mc Donald's
Tarcísio inaugura novo acesso a Osasco neste domingo
Câmara aprova CEP Digital em Osasco e projeto aguarda sanção do prefeito
Casal é expulso de PS após namoro "quente" num cantinho isolado
Homem é agredido pela população após bater em padrasto

19 de maio de 2024 21:50

"Nada vai impedir que a gente conquiste essa vitória", diz Márcio França sobre Camila Godoi
Motoboy xingou atendente de "vaca", diz Mc Donald's
Tarcísio inaugura novo acesso a Osasco neste domingo
Câmara aprova CEP Digital em Osasco e projeto aguarda sanção do prefeito
Casal é expulso de PS após namoro "quente" num cantinho isolado
Homem é agredido pela população após bater em padrasto
Prédio de 19 andares não será mais prefeitura

(Foto Maranhão)

Mari Magdesian    -
27 de outubro de 2020

O prefeito de Osasco, Rogério Lins (Podemos), afirmou que não irá investir R$30 milhões em acabamento do prédio de 19 andares, no Jardim Bonfim, onde passaria a funcionar a nova prefeitura e Câmara Municipal. A meta, agora, é repassar a construção para a iniciativa privada e transformar o local em uma universidade ou hospital particular. A obra, feita em parceria com a iniciativa privada, está paralisada e teve apenas 20% do cronograma concluído. De acordo com contrato, a prefeitura assumiria o acabamento e cabeamento, por exemplo. “Não vou dar área nobre da prefeitura em troca de um prédio sem acabamento”, disse Lins, durante coletiva de imprensa, nesta terça-feira. A prefeitura permanecerá no mesmo lugar.

Lins também disse que pretende revitalizar a região do Bonfim. “Tenho feito um esforço muito grande para reconfigurar o bairro”. A esqueleto de 21 andares está muito bem localizado ao lado da estação Osasco da CPTM, com fácil acesso às marginais Tietê e Pinheiros, à rodovia Castelo Branco e ao centro de Osasco. O prefeito também disse ser ser falsa a informação de que a área teria sido leiloada. “O terreno que foi a leilão não tem nada a ver com aquela obra”, afirmou.

Essa é a segunda proposta, de candidatos a prefeito, que sugere transformar o edifício em hospital. O mesmo projeto tem doutor Lindoso, adversário de Lins. Ele disse que se vencer as eleições fará um hospital municipal no local, no caso o Antônio Giglio, cujo prédio atual passaria a ser a nova sede da prefeitura. E onde é a nova sede, seria um parque público.