27 de maio de 2024 19:53

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 19:53

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Prefeitura prorroga de novo licitação para compra de ração a ONGs e protetoras

(Divulgação)

Mari Magdesian    -
20 de outubro de 2020

Publicada no final de agosto, a licitação para compra de ração de cães e gatos que serão destinadas a Ongs e entidades cuidadoras de animais teve seu prazo estendido. Agora as propostas podem ser entregues até o dia 30 deste mês.

Segundo publicado na Imprensa Oficial da prefeitura de Osasco, a data foi alterada devido a exclusão da exigência de que “não serão aceitos os produtos que estiverem em embalagens com rótulos adesivados”. A primeira abertura de licitação foi suspensa, em setembro, para ”readequar especificações no termo de referência”. A reabertura foi divulgada no início de outubro.

Serão comprados 7.600 Kg para ração de gatos, no valor estimado de R$ 8 o quilo; e 15.053 Kg para cães, com custo estimado de R$ 5,91 o quilo. Os alimentos serão adquiridos com valor de R$ 150 mil da verba total de R$ 1 milhão do Fundo Manchinha repassado pelo Carrefour. O valor foi pactuado no Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado entre o Carrefour e o município nos autos do Inquérito Civil n° 7054/18, instaurado pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, referente a agressão cometida por um segurança, em sua loja da cidade, que resultou na morte de um cão de rua conhecido como Manchinha, em 28 de novembro de 2018. Desse total, R$ 500 mil serão destinados à esterilização de cães e gatos, por meio de castrações. Outros R$ 350 mil vão para a compra de medicamentos para o Hospital Municipal Veterinário.