18 de julho de 2024 10:35

Primeiro "ponto de ônibus digital" está em fase de teste em Osasco
Santana de Parnaíba inicia comemorações ao dia de Santa Ana
Água jorra a 5m de altura após rompimento de adutora
Motorista larga ônibus com passageiros na Raposo Tavares e vai para casa
Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C

18 de julho de 2024 10:35

Primeiro "ponto de ônibus digital" está em fase de teste em Osasco
Santana de Parnaíba inicia comemorações ao dia de Santa Ana
Água jorra a 5m de altura após rompimento de adutora
Motorista larga ônibus com passageiros na Raposo Tavares e vai para casa
Cães sem água e sem comida há dias são resgatados em Osasco
Prefeitura de Osasco faz testagem de hepatites B e C
Pilotos da região aceleram buggy V6 no Rally dos Sertões

(Foto Ney Evangelista)

Da redação     -
29 de outubro de 2020

Fabrício Bianchini, de Barueri, e Adhemar Pereira “Índio”, de Fortaleza, da equipe Bianchini Rally, começam a acelerar nesta, sexta-feira (30), o Buggy 4×2, motor V6 Amarok, preparado pela MEM Motorsport, no Prólogo do Sertões, que definirá a ordem de largada para a 28º edição. Ambos pilotos do moto, disputarão, pela primeira vez, na categoria Open.

“A paixão por esse bugão é enorme e vem de tempos. É um sonho sendo realizado e uma mistura de emoções! A equipe fez um trabalho sensacional. O carro está estupidamente forte e vou ter de dosar o pé”, explica o piloto que segue para a 20ª participação no Sertões. “Nossa intenção é andar entre os 10 da geral, mas principalmente fazer uma prova redonda e terminar”, afirma Bianchini.

O desafio durante sete dias será percorrer aproximadamente 5 mil quilômetros entre São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal, Tocantins até chegar no litoral maranhense, em Barreirinhas, no dia 7 de novembro.

“Será a minha estreia na categoria carros, ao lado de um grande amigo, que é um grande piloto também. Nossa sincronia é perfeita e pudemos comprovar isso quando disputamos o Sertões 2018 de UTV, quando sequer baixamos um pneu durante todos os dias e, agora, não será diferente, vamos para cima”, avisa Índio ou Indião como é conhecido no meio off-road o cearense que completa a sua 11ª participação.

Piloto e navegador não tiveram tempo de treinar juntos. Mas no último fim de semana Bianchini pode matar a vontade e acelerar um pouco o Buggy e ficou satisfeito com o desempenho. “Evolução das máquinas veio com o tempo e com o investimento das equipes. Isso mostra que nosso esporte evoluiu também e isso é muito positivo”, finaliza.