13 de junho de 2024 13:51

Carapicuíba será 1° da região a ter escola do estado sob gestão da iniciativa privada
"Nosso objetivo é um só, é colocar vagabundo atrás das grades", diz Derrite
Câmara aprova R$ 77 milhões para reurbanização do Rochdale
Maior operação policial da América Latina prende 24 pessoas em Osasco
Polícia Militar apreende 8 kg de drogas no Jaguaribe
Teco Godoy se filia ao Podemos em Itapevi

13 de junho de 2024 13:51

Carapicuíba será 1° da região a ter escola do estado sob gestão da iniciativa privada
"Nosso objetivo é um só, é colocar vagabundo atrás das grades", diz Derrite
Câmara aprova R$ 77 milhões para reurbanização do Rochdale
Maior operação policial da América Latina prende 24 pessoas em Osasco
Polícia Militar apreende 8 kg de drogas no Jaguaribe
Teco Godoy se filia ao Podemos em Itapevi
Simony quer linhas de ônibus mais curtas e Bilhete Único de 4h

(Foto Eliane tafu)

Mari Magdesian    -
30 de outubro de 2020

Em entrevista ao Diário nas Eleições, Simony dos Anjos (PSOL), candidata a prefeita em Osasco, disse que para a mobilidade urbana um de seus projetos seria estudar novos trajetos das linhas de ônibus. “Eu me pergunto, faço esse questionamento também para a atual gestão, por que todas as linhas precisam passar pelo centro de Osasco?”, indaga.

“Temos que ter linhas que passem pelo Centro e que se conectam com outras áreas da cidade? Sim, claro. Mas, temos também que encurtar trajetos. Por exemplo, hoje, para sair da Zona Norte para ir para a Zona Sul, a gente só pode pegar ônibus intermunicipal. Não tem nenhum ônibus que pegue a avenida dos Autonomista direto, que pegue a avenida Maria Campos, que faça este cruzamento na cidade sem passar pelo Centro. Então, em primeiro lugar, a gente precisa aliviar os trajetos, fazer trajetos mais curtos”, explica e já emenda em um provável questionamento do usuário de transporte público.

“As pessoas vão falar que com trajetos mais curtos, o ônibus vão passar em menos lugares e elas terão de pegar mais ônibus. Sim, com certeza. Daí entra nossa segunda proposta, interligada a essa, a ampliação do tempo do Bilhete Único”, completa. Simony diz que encurtar trajetos, ampliar linhas só será possível se a prefeitura ampliar o Bilhete Único para 4 horas. “Uma hora e meia é muito pouco”, afirma.

Além dessas medidas, Simony também promete colocar a mão no que, segundo ela, “até hoje nenhuma prefeitura teve coragem de enfrentar”. A candidata se refere à revisão dos contratos das concessões públicas à empresas de ônibus. “Precisamos rever estes contratos, rever a tarifação, garantir o passe livre para desempregado, para o estudante e para o idoso a partir dos 60 anos. Ninguém teve coragem de enfrentar esta questão ainda”. Sobre o valor da tarifa (de R$4,50), ela não promete redução logo de cara, porém assegura que será analisado o valor cobrado com o serviço prestado.