17 de junho de 2024 09:55

Carapicuíba será 1° da região a ter escola do estado sob gestão da iniciativa privada
"Nosso objetivo é um só, é colocar vagabundo atrás das grades", diz Derrite
Câmara aprova R$ 77 milhões para reurbanização do Rochdale
Maior operação policial da América Latina prende 24 pessoas em Osasco
Polícia Militar apreende 8 kg de drogas no Jaguaribe
Teco Godoy se filia ao Podemos em Itapevi

17 de junho de 2024 09:55

Carapicuíba será 1° da região a ter escola do estado sob gestão da iniciativa privada
"Nosso objetivo é um só, é colocar vagabundo atrás das grades", diz Derrite
Câmara aprova R$ 77 milhões para reurbanização do Rochdale
Maior operação policial da América Latina prende 24 pessoas em Osasco
Polícia Militar apreende 8 kg de drogas no Jaguaribe
Teco Godoy se filia ao Podemos em Itapevi
Tarcísio assina convênio para levar Metrô até Taboão da Serra

Divulgação

Da redação     -
07 de junho de 2024

O Governo de São Paulo assinou na segunda-feira (3) um convênio com a Prefeitura de Taboão da Serra que organiza a responsabilidade de cada um no projeto que vai levar o metrô, pela Linha 4-Amarela, ao município.

A cidade deu permissão de acesso às áreas necessárias para a realização das obras, enquanto para o estado fica a responsabilidade conduzir, diretamente ou por meio de terceiros, a elaboração de todos os projetos e a execução de todas as obras e ações necessárias à implantação do empreendimento, assim como licenciamento sob o aspecto urbanístico e ambiental. O convênio permite a otimização de recursos, expertise e infraestrutura, garantindo a viabilidade técnica, econômica e política para a implantação e execução do projeto.

O ramal será ampliado em 3,3km e com duas novas estações, Chácara do Jockey e Taboão da Serra. Além disso, será a primeira linha metroviária a sair dos limites da cidade de São Paulo. Os investimentos são de aproximadamente R$ 3,4 bilhões.

A previsão é que as obras iniciem ainda neste ano e que toda a operação seja iniciada em 2029. O tempo previsto de viagem é de 55 minutos e haverá integração com os terminais de ônibus nas estações Vila Sônia, São Paulo-Morumbi, Butantã e outros da região. A implementação das duas novas estações vai atender mais de 80 mil novos usuários por dia. (com informações Cotia Agora)