27 de maio de 2024 22:11

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha

27 de maio de 2024 22:11

Café Sampa celebra Dia do Hambúrguer com 50% de desconto nos combos
PRTB oficializa Pablo Marçal pré-candidato a prefeito de São Paulo
Defesa Civil de Jandira e GCM chegam ao Rio Grande do Sul
Moradora denuncia vazamento de água em Carapicuíba
Trio rouba adega durante madrugada em Carapicuíba; veja vídeo
Vendedores ambulantes ganham espaços fixos na Fazendinha
Tarcísio deve "privatizar" trecho da Raposo entre Cotia e São Paulo

Divulgação

Da redação     -
20 de fevereiro de 2024

A “privatização” do trecho da rodovia Raposo Tavares, entre Cotia e São Paulo, entra novamente no radar do governo do estado.

Em visita a prefeitos da região Oeste da Grande São Paulo, Rafael Benini, secretário de Parcerias em Investimentos do Estado de São Paulo, disse que até abril de 2025 o governo espera ter uma concessionária para fazer as obras na rodovia.

A informação foi confirmada, principalmente, ao prefeito de Cotia, Rogério Franco, que desde 2021 aguarda a execução, por parte do Estado, de um pacote de obras para reduzir o trânsito neste trecho da rodovia.

Governadores anteriores a Tarcísio de Freitas já tentaram privatizar este trecho da estrada, mas não conseguiram porque ele é considerado uma “grande avenida” servida, inclusive, por pontos de ônibus. Esse fator, na época, era o grande entrave à concessão.

Se Tarcísio conseguir, a Raposo Tavares deve receber obras para reduzir congestionamentos e, com certeza, praças de pedágio.

A estrada funciona sob concessão a partir do km 36. O maior fluxo de veículos e congestionamentos acontecem no trecho anterior, principalmente na chegada a São Paulo e na altura do km 23, próximo à avenida São Camilo, na Granja Viana.

Uma das propostas seria a construção de uma nova alça de acesso no local para ajudar a “diluir” o tráfego de veículos na “estreita” São Camilo.

A CCR ViaOeste chegou a cogitar, muitos anos atrás, a construção de uma alça que jogasse boa parte dos carros direto na marginal Pinheiros. O projeto nunca saiu do papel.

Na visita de Rafael Benini, ao prefeito de Cotia, não foi divulgado à imprensa se o governo do estado estuda abrir licitação junto ao DER (Departamento de Estradas de Rodagem) para adiantar algumas obras, ou se Tarcísio de Freitas irá investir suas cartas na busca de empresas interessadas na concessão do trecho.

 

Fotos: